Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 26 de novembro de 2016

Aldo vira campeão linear, e Pettis x Holloway vale título interino dos penas Após queda de Cormier x Johnson, Ultimate põe duelo como principal do UFC 206. McGregor abre mão do cinturão até 65,7 kg, e brasileiro será o novo campeão linear

Por Las Vegas, EUA
José Aldo (Foto: Getty Images)Lutador da Nova União, Aldo era dono do cinturão interino desde julho deste ano (Foto: Getty Images)
queda da luta entre Daniel Cormier e Anthony Johnson provocou uma verdadeira revolução no UFC 206 e na categoria peso-pena (65,8kg). A poucos dias do evento, marcado para 10 de dezembro, em Toronto, no Canadá, a organização decidiu tornar a luta entre Max Holloway e Anthony Pettis uma disputa pelo título interino da categoria, que até então era do brasileiro José Aldo, agora transformado no campeão linear da divisão. Como consequência natural, o irlandês Conor McGregor teve que abdicar de um de seus dois cinturões, e agora vai ostentar apenas o dos leves. A informação foi divulgada pelo site "MMA Fighting" e confirmada pelo Combate.com com fontes próximas à situação. O Ultimate oficializou a notícia durante a transmissão americana do "UFC Melbourne".
O embate entre Holloway e Pettis será o principal do UFC 206. Entretanto, a organização tentou colocar Anthony Johnson contra Gegard Mousasi, pelo cinturão interino do peso-meio-pesado, mas "Rumble" optou por aguardar a recuperação de Daniel Cormier, dono do título da divisão.
José Aldo volta a ser o dono do cinturão linear do peso-pena quase um ano depois de perdê-lo para Conor McGregor, no dia 12 de dezembro de 2015. Na ocasião, o brasileiro foi nocauteado com apenas 13 segundos de luta.
À espera de uma revanche após a derrota, o lutador da Nova União viu o irlandês fazer lutas entre os meio-médios e na divisão dos leves, na qual se sagrou campeão diante de Eddie Alvarez no último dia 12, no UFC 205. Antes disso, Aldo aceitou lutar pelo título interino no dia 9 de julho, quando venceu Frankie Edgar no UFC 200. Mas o brasileiro se revoltou depois que a luta entre Conor e Alvarez foi anunciada. Ao ver sua revanche mais distante, ele chegou a anunciar sua aposentadoria, revista depois de uma reunião com Dana em outubro.
Agora, José Aldo vai esperar pela luta entre Max Holloway e Anthony Pettis, no dia 10 de dezembro, para saber seu próximo adversário, quando deverá acontecer a unificação dos cinturões dos penas.
Montagem-Max-Holloway-x-Anthony-Pettis (Foto: infoesporte)Max-Holloway e Anthony Pettis lutarão pelo título interino do peso-pena no dia 10 de dezembro (Foto: infoesporte)

Anthony Pettis fará apenas a sua segunda luta no peso-pena, depois de estrear com vitória contra o brasileiro Charles do Bronx, em agosto. Ex-campeão do peso-leve, ele perdeu o cinturão para o brasileiro Rafael dos Anjos, e hoje com novo dono, o irlandês Conor McGregor. Ele vai enfrentar um lutador em alta na divisão. Holloway soma nove vitórias consecutivas, e sua última derrota foi para McGregor, em agosto de 2013.
Enquanto isso, Conor McGregor seguirá sua vida entre os leves depois de conseguir seu cinturão no início do mês. A lista de possíveis adversários é grande, todos interessados nos holofotes que “The Notorious” sempre atrai, inclusive de categorias mais pesadas.
UFC 206
10 de dezembro, em Toronto (CAN)
CARD DO EVENTO (até o momento):
Peso-pena: Max Holloway x Anthony Pettis
Peso-médio: Tim Kennedy x Adversário a ser anunciado
Peso-meio-médio: Donald Cerrone x Matt Brown
Peso-palha: Valerie Letourneau x Viviane Sucuri
Peso-leve: John Makdessi x Lando Vannata
Peso-leve: Olivier Aubin-Mercier x Drew Dober
Peso-leve: Rustam Khabilov x Jason Saggo
Peso-mosca: Dustin Ortiz x Zach Makovsky
Peso-meio-pesado: Misha Cirkunov x Nikita Krylov
Peso-galo: Cub Swanson x Doo Ho Choi
Peso-meio-médio: Emil Meek x Jordan Mein
Peso-galo: Mitch Gagnon x Matthew Lopez
Postar um comentário