Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 27 de novembro de 2016

Inter vence o Cruzeiro e segue vivo na luta contra a degola no Brasileirão Com gol de Valdívia no segundo tempo, Colorado segue na briga para permanecer na elite do futebol nacional em 2017. Raposa ainda perde chances importantes no duelo

Cruzeiro e Inter se enfrentaram no Independência (Foto: Pedro Vilela/Light Press/Cruzeiro)
LANCE!
Porto Alegre (RS)
O Internacional venceu o Cruzeiro, na tarde deste domingo (27), no estádio Beira-Rio, por 1 a 0, e ganhou sobrevida após a partida válida pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe comandada por Lisca Doido garantiu o resultado com gol de Valdivia e tem a mesma pontuação do Vitória.

Com o resultado obtido em Porto Alegre, o Colorado chega a 42 pontos, número idêntico ao do time baiano e, agora, torce por um triunfo do Coritiba nesta segunda-feira (28), no estádio Couto Pereira. A Raposa, por outro lado, ocupa o 12º lugar, com 48, e não tem mais aspirações na competição.
Pouco tempo após o início do jogo, membros de uma organizada acenderam sinalizadores nas cadeiras do Beira-Rio. Por conta do problema, o árbitro Marcelo Aparecido de Souza (SP) paralisou o confronto por 2 minutos e 34 segundos. Danilo Fernandes foi um dos responsáveis por conter os torcedores que utilizaram o objeto.

O primeiro tempo, após a pausa, foi dominado pelo mandante. Conduzido por Seijas e Nico López, os gaúchos criaram as melhores oportunidades, mas pecaram nas finalizações. Rafael fez boas defesas e os atacantes não calibraram a pontaria.

O Cruzeiro se aproveitou dos erros de Geferson, o pior em campo, para criar oportunidades. Contudo, Willian falhou bastante e desperdiçou todas as chances que teve.

Lisca Doido foi obrigado a alterar a forma de jogar da equipe. Vitinho entrou na vaga de Geferson ainda no primeiro tempo. A mudança fez com que o Colorado aumentasse a intensidade. Não é à toa que o atacante exigiu ótimas intervenções de Rafael.

Na volta do intervalo, o Cruzeiro criou mais oportunidades. Alisson e Rafael Sóbis desperdiçaram duas chances boas de balançar a rede de Danilo Fernandes. Contudo, foi o Inter quem balançou a rede.

O mais marcante da etapa complementar, contudo, foi um intruso. Por volta de 20 minutos da etapa complementar, um drone sobrevoou o estádio Beira-Rio para ironizar o possível rebaixamento do Colorado. O objeto foi semelhante ao utilizado por cruzeirenses para provocar atleticanos na partida contra o Independiente Del Valle (EQU), na edição passada da Libertadores. 

Valdívia, que entrou na vaga de Rodrigo Dourado aos 15 minutos da etapa complementar, fez jogada individual e balançou a rede de Rafael com um golaço. Após os gaúchos abrirem o placar, o Cruzeiro teve chances com Robinho e Ramón Ábila. A dupla, porém, desperdiçou as oportunidades que teve.

Nos minutos finais do confronto, Mano Menezes foi expulso por questionar Marcelo Aparecido de Souza (SP) por conta de um pênalti. A arbitragem, contudo, acertou no lance. Não houve infração na jogada.

FICHA TÉCNICA 
INTER X CRUZEIRO 

Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS) 
Data-hora: 27/11/2016 - às 17h (de Brasília) 
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP) 
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa/SP) e Alex Ang Ribeiro (SP) 
Público/Renda: 25.352 pagantes (28.064 total) / R$ 384.800,00
Cartão amarelo: Seijas, Danilo Fernandes (Inter); Bryan, Manoel, Rafael (Cruzeiro)

Gol: Valdívia – 30’/2ºT (1-0)

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; William, Paulão, Ernando e Geferson (Vitinho – 30’/1ºT); Anselmo, Rodrigo Dourado (Valdívia – 15’/2ºT), Alex, Seijas (Ariel Nahuelpan – 25’/2ºT) e Anderson; Nico López. Técnico: Lisca Doido.

CRUZEIRO: Rafael; Ezequiel, Léo, Manoel e Bryan (Edimar – Intervalo); Lucas Romero, Ariel Cabral (Ramón Ábila – 25’/2ºT), Robinho e Alisson; Rafael Sóbis e Willian (Marcos Vinícius – 15’/2ºT). Técnico: Mano Menezes.
Postar um comentário