Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Presidente do Flamengo prevê vitória sobre o Santos e Palmeiras campeão

Bruno Ceccon São Paulo-SP


Bandeira de Mello durante lançamento do prêmio Gestão de Campeão (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Bandeira de Mello durante lançamento do prêmio “Gestão de Campeão” (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, disse nesta terça-feira que o Palmeiras conquistará o título brasileiro. O mandatário, que acumulou diversos desentendimentos com o homólogo alviverde, Paulo Nobre, previu que o troféu será assegurado pelos paulistas após o Rubro-Negro derrotar o vice-líder Santos neste domingo.
“Acho que vai, porque se o Flamengo ganhar do Santos, o Palmeiras é automaticamente campeão. E eu acho que o Flamengo vai ganhar”, disse Bandeira de Mello durante o lançamento de um prêmio de gestão instituído pela Ambev, em São Paulo. O Verdão precisa de apenas um ponto nas duas próximas rodadas para assegurar a nona conquista brasileira de sua história.
A relação entre Flamengo e Palmeiras se deteriorou durante a disputa deste Brasileirão. O time carioca brigou pelo título até a última rodada, quando um empate por 2 a 2 com o Coritiba, em pleno Maracanã, acabou com o sonho dos rubro-negros.
Durante a competição, Bandeira de Mello acusou o Palmeiras de ter posicionado propositalmente as torcidas organizadas embaixo do camarote que os dirigentes flamenguistas ocuparam no empate por 1 a 1 entre as equipes, no dia 14 de setembro, no estádio Palestra Itália. Torcedores alviverdes e diretores rubro-negros protagonizaram uma confusão ao longo daquela partida.
Bandeira de Mello também chamou Nobre de desesperado durante o torneio. O presidente flamenguista ficou inconformado com uma entrevista coletiva que o palmeirense convocou para reclamar da confusão que envolveu a arbitragem na vitória rubro-negra contra o Fluminense, por 2 a 1.
Nesta terça-feira, Bandeira de Mello evitou entrar em polêmicas. Ele lamentou a queda de rendimento que encerrou o “cheirinho de hepta” dos rubro-negros. “Os resultados não foram o que nós gostaríamos, infelizmente. A nossa obrigação é dar tudo nos dois próximos jogos para tentar terminar da melhor maneira possível”, afirmou.
Ele garantiu que o técnico Zé Ricardo continuará à frente do Flamengo em 2017. “No fim do ano sempre surgem uns coveiros. Mas não adiantará nada, ele vai continuar”, disse.

Segundo o presidente, o Flamengo está atento ao mercado de transferências e fará contratações específicas para reforçar o elenco. O clube voltará a disputar a Copa Libertadores em 2017. “É preciso estar antenado ao mercado para montar o melhor elenco possível. Estamos satisfeitos com o atual, mas temos que trabalhar com a dinâmica do mercado e trazer reforços pontuais”, concluiu.
Postar um comentário