Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Sem D-Wade, Jimmy Butler guia Bulls e faz 40 pontos na vitória sobre Lakers Indiana Pacers supera Westbrook e vence jogo difícil sobre Oklahoma na prorrogação, Kings usam Gay como arma para bater os Raptors, e Nurkic lidera vitória do Nuggets

Por Los Angeles, EUA

Não teve Dwyane Wade, que ganhou folga para descansar neste sábado, mas também não houve qualquer problema para o Chicago Bulls. Em uma noite inspirada, Jimmy Butler chamou para si a responsabilidade e anotou 40 pontos na vitória por 118 a 110 sobre o Los Angeles Lakers, na madrugada desta segunda-feira, no Staples Center, em LA. Isaiah Canaan saiu do banco para marcar mais 17, e Nikola Mirotic e Robin Lopez acrescentaram duplos-duplos aos Bulls. Os chutes de longe fizeram a diferença para os visitantes. Butler, por exemplo, acertou 12 de 14 tentativas na linha dos três, além ter sido dominante também com sete rebotes e seis assistências. Nikola Mirotic, por sua vez, fez mais 15 e pegou 15 rebotes, a sua melhor média no ano, sendo uma pedra no sapato dos adversários. Mesmo com o tornozelo dolorido, Rajon Rondo também teve um papel importante, com nove rebotes, quatro pontos e 12 assistências. 
Pelos Lakers, Louis Williams, que começou como reserva, foi o mais perigoso, porém, os seus 25 pontos ou os 18 de Larry Nance Jr não foram suficientes. Os outros jogadores mais jovens do time sentiram o desgaste, principalmente, no segundo tempo, e não puderam contribuir para uma reação contundente. Butler teve a sua parcela de culpa na hora de enterrar a moral dos rivais. Ele passava com extrema facilidade pelo garrafão, pontuando dentro e fora do perímetro. Os rivais iam deixando-se levar pelo nervosismo no fim. 
Jimmy Butler marcou 40 pontos na vitória do Chicago Bulls sobre o Los Angeles Lakers na NBA (Foto: Victor Decolongon/Getty Images)Jimmy Butler marcou 40 pontos na vitória do Chicago Bulls sobre os Lakers (Foto: Victor Decolongon/Getty Images)
Nick Young e D'Angelo Russel falharam a pontaria para arremessos de três nos instantes finais, o que poderia ter mudado os rumos da partida e diminuído a diferença para apenas dois pontos. Logo após o erro do time de Los Angeles, Jimmy conseguiu uma bela ponte-aérea, Rondo marcou em seguida, e o Chicago foi administrando a vantagem até o estouro do cronômetro.   
Por ser uma peça-chave na equipe, Wade pôde recarregar as baterias para o próximo desafio dos Bulls na terça-feira, contra o Denver Niggets, mais uma vez, fora de casa. O técnico Fred Hoiberg disse que o jogador vinha sendo bastante usado e, portanto, optou por não escalá-lo para o jogo. Em sua última partida pelo Chicago, na derrota para o LA Clippers, Dwyane Wade jogou 35 minutos e 48 segundos, anotando 28 pontos - os Bulls desperdiçaram uma vantagem de 19 pontos e amargaram uma virada difícil de digerir. Quem também desfalcou a franquia contra os Lakers foram Doug McDermott, Michael Carter-Williams e Paul Zipser.

+ Confira a grade de programação completa da NBA no Brasil
+ NBA League Pass: assine e assista a jogos ao vivo! + Veja os produtos oficiais na Loja NBA.com+ Acompanhe o dia a dia e as principais notícias da NBA
Campanha
Chicago Bulls: 9v, 5d (4º da Conferência Leste)
Los Angeles Lakers: 7v, 7d (8º da Conferência Oeste)
Próximos jogos
Chicago: contra o Denver Nuggets, na terça-feira, em Denver
Lakers: contra o Oklahoma City Thunder, na terça-feira, em, Los Angeles
INDIANA SUPERA WESTBROOK NA PRORROGAÇÃO
O Indiana Pacers ainda não havia vencido fora de casa nesta temporada. A missão tornou-se ainda mais dura devido a Russel Westbrook. O jogador do Oklahoma City Thunder fez o quinto triplo-duplo da temporada, com 31 pontos, 15 assistências e 10 rebotes. Mas, graças ao jogo coletivo e à atuação inspirada de Jeff Teague, que anotou 30 pontos, o Indiana arrancou a vitória por 115 a 111 na prorrogação, após empate por 103 a 103 no tempo regulamentar. O armador combinou a sua melhor pontuação no ano com nove assistências e seis roubadas de bola, sendo uma peça fundamental do Indiana. Teague acertou uma cesta de três no primeiro minuto da prorrogação e acertou os dois lances livres a 4.6s do fim para abrir três pontos no momento decisivo. Paul George, que se recupera de uma lesão no tornozelo, fez falta, porém, o time soube lidar com a pressão fora de casa e alcançar a sétima vitória. 
Campanhas: 
Indiana Pacers: 7v, 7d (7º lugar da Conferência Leste)
Oklahoma City Thunder: 8v, 6d (6º da Conferência Oeste)

Próximos jogos:
Indiana: contra o Golden State Warriors, nesta segunda-feira, em Indiana
Oklahoma: contra os Lakers, nesta terça-feira, em Indiana
KINGS VENCEM RAPTORS EM CASA
Com nove derrotas e vindo de quatro seguidas, o Sacramento Kings entrou em casa diante de sua torcida com o compromisso de vencer. Rudy Gay fez a sua parte ao marcar 23 pontos e pegar nove rebotes no triunfo por 102 a 99 sobre o Toronto Raptors, que jogou sem o brasileiro Lucas Bebê. Por pouco, o duelo não foi para a prorrogação, depois da cesta de três de Terrence Ross quase no estouro. Mas, após uma rápida revisão da jogada, o vídeo comprovou que o lance não valia, pois o tempo já havia se esgotado. Kyle Lowry anotou 25 pontos e oito assistências para os Raptors, Jonas Valanciunas adicionou mais 23 pontos ao marcador e 14 rebotes, DeMarre Carroll marcou 17 pontos, DeRozan fez 12 e Patrick Patterson 11. DeRozan, aliás, foi marcado de perto por Gay e acabou falhando 12 de 15 arremessos. Do outro lado, DeMarcus Cousins, com 19 pontos e 10 rebotes, assim como Darrin Collison e Aaron Afflalo, também fizeram a diferença para os Kings em um confronto marcado pelo equilíbrio.
Campanhas:
Toronto Raptors: 8v, 5d (5º da Conferência Leste)
Sacramento Kings: 5v, 9d (11º da Conferência Oeste)
Próximos jogos:
Raptors: jogam contra os Clippers, na segunda-feira, em Los Angeles
Kings: jogam contra o Oklahoma City, na quarta-feira, em Oklahoma
NURKIC E MURRAY GUIAM NUGGETS EM DENVER
Jusuf Nurkic e o calouro Jamal Murray não deram sorte ao azar em casa e guiaram o Denver Nuggets para vencer o Utah Jazz por 105 a 91, em um dia difícil para a Conferência Oeste. Nurkic anotou 16 pontos e 11 rebotes, enquanto o estreante na temporada regular da NBA ajudou com mais 18 pontos, sendo 16 marcados no último e decisivo quarto. Wilson Chandler (17) e Danilo Gallinari (13) também estavam com a mão calibrada em Denver. Do outro lado, os mais perigosos foram Gordon Hayward, com 25 pontos para o time de Utah, Dante Exum, Rodney Hood e Joe Johnson, com 10 cada um, mas não evitaram a quarta derrota consecutiva do Jazz. Os anfitriões lideraram o placar na maior parte do jogo, mas os visitantes não os deixaram desgarrar e buscaram a virada até o fim. 
Campanhas:
Utah Jazz: 7v, 8d (9º da Conferência Oeste) 
Denver Nuggets: 5v, 8d (10º da Conferência Oeste)

Próximos jogos:
Utah Jazz: jogam contra os Nuggets, na quarta-feira, em Utah
Denver Nuggets: jogam contra o Chicago Bulls, na terça-feira, em Denver
TODOS OS RESULTADOS DE DOMINGO E MADRUGADA

- Atlanta Hawks 94 x 104 New York Knicks
Portland Trail Blazers 129 x 109 Brooklyn Nets
Indiana Pacers 115 x 111 Oklahoma City Thunder
- Toronto Raptors 99 x 102 Sacramento Kings
- Utah Jazz 91 x 105 Denver Nuggets
Chicago Bulls 118 x 110 Los Angeles Lakers
Postar um comentário