Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Dana diz que Conor ficará 10 meses sem lutar por conta de paternidade Em entrevista ao UFC Unfiltered, presidente do Ultimate diz que perda de cinturão não tira mérito do irlandês: "Ele diz que ainda é campeão de duas divisões. É claro que é"

Por Rio de Janeiro
De acordo com Dana White, Conor McGregor ficará 10 meses sem lutar. Em entrevista ao podcast UFC Unfiltered, na última terça-feira, o presidente do Ultimate falou sobre a retirada do cinturão peso-pena do irlandês. De acordo com ele, não seria justo se McGregor mantivesse o título, já que ficará quase um ano sem entrar no octógono por conta da gravidez de sua esposa.
Dana White UFC MMA (Foto: Jason Silva)Em entrevista ao UFC Unfiltered, Dana White revelou que McGregor ficará 10 meses sem entrar em ação (Ft: Jason Silva)
- O cinturão dos penas não foi defendido em quase um ano, e Conor ficará mais dez meses fora por conta da maternidade. Não é justo com o resto dos caras da divisão. Você não pode amarrar a divisão inteira, mas eu deixei ele lutar por isso, deixei ele fazer - disse.
Dana também esclareceu que o fato de ter que abdicar de um dos cinturões não retira de McGregor a sua conquista. O presidente reforçou declarações recentes de Conor, em que disse que ainda é campeão de duas divisões.
- Ele teve que abrir mão do cinturão dos penas, mas isso não tira o mérito dele. Ele diz que ainda é campeão de duas divisões. É claro que ele é. Ele é campeão de dois pesos. Isso não diminui em nada o que o cara conquistou e o que ele fez. Quando você olha para o título dos penas, ele não o perdeu. Ele abriu mão. Nunca foi derrotado e o cinturão não foi tomado dele - afirmou.
Conor McGregor conquistou o cinturão dos leves, se tornando campeão de duas categorias do UFC, no último dia 12 de novembro, quando derrotou Eddie Alvarez por nocaute técnico no segundo round. O irlandês, no entanto, teve que abdicar do título dos penas logo após, tornando o brasileiro José Aldo campeão linear.
Postar um comentário