Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 4 de dezembro de 2016

Presidente da Chape confirma: “Será nosso o título da Sul-Americana”

Gazeta Esportiva

Agora presidente do clube, Ivan Tozzo foi quem confirmou a notícia (Foto: Divulgação)
Agora presidente do clube, Ivan Tozzo foi quem confirmou a notícia (Foto: Divulgação)

O presidente da Chapecoense, Ivan Tozzo, confirmou, em meio ao velório das vítimas do voo que caiu quando levava a delegação da equipe para disputar a final da Copa Sul-America, contra o Atlético Nacional-COL, em Medellín, que o clube catarinense será declarado campeão da competição continental.
“Sim, a Conmebol vai declarar a Chapecoense como campeã da Copa Sul-Americana”, comentou o mandatário, em entrevista ao Globo Esporte, explicando até os ganhos que terá com a taça. “Inclusive a Chapecoense já vai receber a premiação de US$ 2 milhões (R$ 6,9 milhões) pelo campeonato. Já está tudo confirmado. Não sei se vai ter cerimônia para receber a taça de campeão”, continuou.
A ideia inicial de entregar o troféu para a Chape mesmo sem a realização da final partiu justamente do Atlético Nacional, que postou a vontade em seu site no dia seguinte ao acidente. Desde então, ninguém se opôs, mas ainda faltava uma confirmação das autoridades envolvidas.
Tozzo agradeceu a comoção de todos no mundo com a tragédia, principalmente pelas mensagens e a vontade de ajudar demonstrada para com a Chape. Ainda assim, porém, o mandatário preferiu esperar mais alguns dias antes de definir como reestruturará a equipe de futebol.
“Esse momento nós estamos começando a reconstrução do time. As pessoas querem futebol, as pessoas amam futebol em Chapecó. E a grande alegria da nossa cidade do oeste catarinense no futebol é a Chapecoense. Então temos que dar continuidade a isso, vamos conversar e acertar, deixar baixar a poeira, e vamos reconstruir o time para o ano que vem”, observou, mostrando confiança para a disputa da Copa Libertadores da América no ano que vem.
“A gente está recebendo apoio de todas as federações, CBF, Conmebol, Fifa e, principalmente, do povo de Chapecó. Tenho certeza que o povo de Chapecó vai abraçar a causa e todo mundo vai ajudar. Tivemos apoio de pessoas de fora, dos clubes ajudando. Primeiro foi aquela meta de confortar a família. Agora, a segunda meta, a partir da semana que vem, é começar a pensar e fazer planejamento”, concluiu.
Postar um comentário