Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Com início do ano cheio, Avaí tem cautela, mas não pensa em poupar Técnico Claudinei Oliveira afirma que ideia é trabalhar com a diretoria e a preparação física, mas diz que Primeira Liga, Copa do Brasil e Catarinense são importantes

Por Florianópolis
O início do calendário de 2017 reserva ao Avaí participações na Primeira Liga, Copa do Brasil e Campeonato Catarinense. Com tantas competições no início da temporada, o Leão da Ilha mantém cautela para que não perca jogadores por lesão ou com algum tipo de desgaste precoce.
Por isso, a pré-temporada será fundamental. Em Águas Mornas, na Grande Florianópolis, o Leão trabalha para evoluir fisicamente e ter condições de estrear bem nas competições, preferencialmente com o mesmo time. O técnico Claudinei Oliveira não deseja poupar, mas promete conversa com a diretoria e os outros membros da comissão.
Salazar Avaí (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.C.)Avaí tem dado atenção à parte física no Leão (Foto: André Palma Ribeiro/Avaí F.C.)
- Vamos procurar usar o melhor de acordo com a condição física e sempre que pudermos colocar o melhor em campo, vamos botar. Poupar e tirar jogador não é só decisão do treinador, tem que envolver diretoria. Às vezes a Primeira Liga pode trazer um valor para o clube que é importante. Precisa ser consenso. E se em algum momento tiver que poupar, vamos fazer, mas gosto de botar sempre o que tenho de melhor - planejou.
Durante a temporada, o Avaí também espera aproveitar os jovens das categorias de base. Alguns foram promovidos desde a reapresentação, outros atletas podem ser incorporados após o fim da Copa São Paulo. Tudo dentro de um planejamento, segundo Claudinei.
  
- Eu estive na estreia (da Copinha), assisti ao jogo, conheço a maioria dos atletas que estavam jogando, boa parte deles tinham treinado comigo ao menos uma vez. Temos alguns jovens da base conosco, conheço muitos atletas, tenho falado com a comissão da base. Nem todos vão poder ser aproveitados aqui, até pela posição. Precisamos entender o momento e estou satisfeito.
Postar um comentário