Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Em despedida, Vitinho se declara ao Inter e pede desculpas por queda Atacante que esteve na mira do Flamengo deve retornar ao CSKA, após ter sido emprestado ao Inter por duas temporadas; jogador cita "amor" pelo Colorado

Por Porto Alegre
Vitinho Inter x Santa Cruz (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)Vitinho se despede do Inter e cita amor pelo clube (Foto: Ricardo Duarte/Divulgação Inter)
O destino de Vitinho deve mesmo se concretizar no CSKA, mas o atacante não esquece a relação que nutriu com o Inter, ao longo de dois anos do clube. Prestes a retornar ao Leste europeu, o atacante publicou uma espécie de despedida em seu perfil pessoal no Instagram. Na postagem, o jogador fala do amor que desenvolveu pelo Colorado e pela torcida e aproveita para pedir desculpas pelo rebaixamento à Série B.
– Eu quero muito agradecer por todos os momentos que tivemos juntos. Também quero me desculpar por qualquer outra coisa que tenha acontecido ao meu respeito, inclusive pelo rebaixamento.Fui muito feliz jogando pelo com o manto colorado. Uma honra imensurável jogar no Campeão de Tudo, mas infelizmente eu tive que deixá-lo por uma situação que eu não controlo . Amo muito esse clube, amo muito essa torcida que me fez crescer muito e fico também muito feliz com o carinho de todos – escreveu o atacante.
Na publicação, Vitinho ainda garante que se tornou torcedor do clube e assegurou que seguirá acompanhando o clube em sua saga para retornar à elite em 2017.
– A partir de hoje, sou um torcedor colorado que vai estar acompanhando mesmo aqui de longe todos os passos desse gigante que vai voltar à elite do futebol brasileiro. Meus companheiros de trabalho, estou torcendo muito por vocês. Um grande beijo para esse clube e a todos – disse.
Inter Vitinho (Foto: Reprodução/Instagram)Vitinho se despede do Inter (Foto: Reprodução/Instagram)

Vitinho chegou ao Inter em 2015, como reforço para a disputa da Libertadores, mas custou a engrenar. O atacante chegou a ficar fora do banco de reservas ao longo da competição continental, mas cresceu com a chegada de Argel. Encerrou seu primeiro ano no clube em alta, com 15 gols anotados em 49 partidas.
O protagonismo levou o clube a prorrogar seu empréstimo junto ao CSKA por mais uma temporada. Em 2016, o camisa 11 oscilou, mas voltou a ser decisivo na reta final do Brasileirão, a ponto de despertar o interesse do Flamengo. O Fla, seu clube do coração, chegou a tentar sua contratação, mas as tratativas não se concretizaram.
Postar um comentário