Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

segunda-feira, 6 de fevereiro de 2017

Fratura afasta meia Tchê Tchê dos campos por até seis semanas Em um primeiro tratamento, jogador não vai precisar passar por uma cirurgia. Ele sofreu pancada no jogo de domingo, contra o Botafogo-SP

Por São Paulo
Tchê Tchê, do Palmeiras, de tipoia (Foto: Tossiro Neto)Tchê Tchê com tipoia após o jogo: de quatro a seis semanas fora (Foto: Tossiro Neto)
O meio-campista Tchê Tchê será desfalque no Palmeiras por até seis semanas. Exames realizados no domingo e nesta segunda-feira diagnosticaram o atleta com uma pequena fratura na tuberosidade do úmero esquerdo. A lesão no ombro ocorreu no segundo tempo do jogo contra o Botafogo de Ribeirão Preto, no último domingo.

De acordo com o clube, o tratamento inicial não requer um procedimento cirúrgico. A primeira previsão do departamento médico palmeirense é de que o meio-campista seja desfalque de quatro a seis semanas.

Sem Tchê Tchê, o técnico Eduardo Baptista perde uma peça importante para o início do Campeonato Paulista e da Taça Libertadores da América. Titular absoluto desde o Brasileirão do ano passado, o meia vinha sendo um dos principais destaques na formação 4-1-4-1 do Palmeiras de 2017.

Eduardo identifica erros na vitória do Palmeiras e diz que não busca reforços

Para as próximas rodadas, a tendência é de que o Verdão ganhe reforços caseiros. Alejandro Guerra já foi apresentado e está livre para estrear - o nome do meia venezuelano apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) da Confederação Brasileira de Futebol na tarde desta segunda-feira. Moisés é outro que vem passando por um cronograma especial de condicionamento físico e deve ser liberado para trabalhar com bola em breve.
Postar um comentário