Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 8 de março de 2017

Carro de reforço da Portuguesa quebra na estrada, e acordo é desfeito Otacílio Neto havia deixado a cidade de Orós, no Ceará, para viajar a São Paulo e fechar com a Lusa. Problema ocorreu em Feira de Santana, e clube não quis esperar

Por São Paulo
otacílio neto, treze (Foto: Reprodução / Treze)Último clube de Otacílio Neto foi o Treze, da Paraíba (Foto: Divulgação /Treze)
Otacílio Neto ficou a dois mil quilômetros de ser o principal reforço da Portuguesa para a reta final da Série A2 do Paulista. O carro do atacante quebrou na estrada quando estava a caminho de São Paulo. Como seria difícil arrumar outro veículo, o jogador e a Lusa decidiram desfazer o negócio.
Na terça-feira, o atacante saiu de Orós, no Ceará, rumo a São Paulo, em uma distância de aproximadamente três mil quilômetros. A viagem levaria cerca de três dias com as paradas, já que a esposa de Otacílio não dirige. Mas a Hilux do jogador quebrou nesta quarta, quando passava por Feira de Santana, na Bahia.
– Foi empecilho do carro mesmo. Não vai dar tempo de chegar para fazer os exames. Foi um acontecimento chato, preferimos não viajar mais. Vamos deixar a possibilidade de acertar para a Série D (do Brasileiro) – contou o atacante, que ainda não tinha conseguido voltar à cidade de partida ao falar com a reportagem do GloboEsporte.com.
O problema foi no rolamento da roda que fica próxima ao motorista. Antes da viagem, Otacílio havia levado o carro ao mecânico e nenhum problema havia sido encontrado.
– Peguei um buraco e ferrou tudo. Sempre viajo de carro. Foi o primeiro veículo que peguei de segunda mão. Agora, estou no meio da estrada. Teve que rebocar para Feira de Santana. Estou em um hotel com a família. Vou retornar para o Ceará. Não sei ainda onde vou jogar, mas não volto para o Treze – ressaltou ele, que rescindiu contrato recentemente com o time paraibano.
Otacílio Neto comunicou a situação para o presidente Alexandre Barros, que demonstrou tristeza, segundo o jogador. O atacante afirma que houve um empecilho por parte da Lusa durante a negociação, após a quebra do carro. Ele se recusou a dar detalhes.
*Colaborou sob supervisão de Mateus Benato
Postar um comentário