Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 19 de março de 2017

Gripado e quase cortado, Gilmar conta força do filho: "Jogar mesmo doente" Zagueiro marca o gol da vitória sobre Fla-PI por 2 a 1 que coloca Tubarão na final do primeiro turno do estadual. Defensor revela noite pré-jogo: "Senti tontura, muito mal"

Por Teresina
Autor do gol que colocou o Parnahyba na final do primeiro turno do Campeonato Piauiense, o zagueiro Gilmar Bahia por pouco não ficou fora. O defensor passou mal durante a noite por causa de uma forte gripe. Tomou a decisão de jogar depois que ouviu o filho Riquelme, de 11 anos, pedir a participação do pai na partida contra o Flamengo-PI, na tarde deste domingo, no estádio Lindolfo Monteiro. E funcionou: o camisa 3 do azulino escorou a bola e saiu comemorando a classificação à decisão, na vitória por 2 a 1. Assista aos gols no vídeo acima.
- Senti tontura, gripado e a garganta doendo. Passei muito mal durante a noite, mas conversando com meu filho ele pediu para jogar, mesmo doente. Disse a ele que estava muito mal. Parece que ele estava adivinhando... e tive a felicidade de fazer o gol e oferecer a ele. Nosso time é guerreiro, batalhou para isso e sabíamos que seria decisivo para nós. Agora é descansar e usar os restantes do dia para fazer a final – disse Gilmar, explicando uma das principais características do Tubarão: a força. 
Gilmar Bahia, zagueiro do Parnahyba  (Foto: Renan Morais)Gilmar Bahia, zagueiro do Parnahyba, comemora gol na semifinal (Foto: Renan Morais)

- Nosso espirito é de guerreiro, sempre chega. O time é assim, batalhador e vocês viram a nossa felicidade de estar na final – completou o zagueiro.  
O Parnahyba chega à decisão da Taça Estado Piauí após dois anos. A última vez que disputou o título do turno foi em 2014, quando ficou com o vice-campeonato. O adversário será Altos ou River-PI, que se enfrentam no domingo. Se for o time tricolor avançar, a final será no Pedro Alelaf. Se for o Jacaré, a partida acontece em Teresina. Gilmar não fez escolha.  
- Qualquer um dos dois, vai ser um jogo bom e maravilhoso. Jogar em casa ou fora, não tenho preferência. A nossa equipe está focada dentro de casa ou fora – analisou.
Postar um comentário