Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 19 de março de 2017

Paolo Rossi assume 4 de Julho como interino e clube estuda contratações Campeão da Série B e auxiliar de Luís Miguel no primeiro turno, Rossi pode ser efetivado no cargo, mas diretoria ainda analisa chance de trazer um novo técnico

Por Teresina
Edílson Moreira, diretor de futebol do 4 de Julho (Foto: Wenner Tito)Edílson Moreira, diretor de futebol do 4 de Julho (Foto: Wenner Tito)
Após a derrota para o Piauí na última rodada do primeiro turno, a perda da vaga nas semifinais e a saída do técnico Luís Miguel, o elenco do 4 de Julho se reapresentou nesta sexta-feira sob o comando de Paolo Rossi, campeão com o clube na Série B do estadual em 2016 e auxiliar neste início de temporada. Para assumir o comando do time no segundo turno do Piauiense, a diretoria Colorada ainda estuda a possibilidade de efetivar Rossi ou contratar um nov treinador.
Após a eliminação no primeiro turno do Piauiense, o time só retorna ao campo no próximo dia 29, quando inicia a campanha da segunda metade do campeonato diante do Flamengo-PI. Até lá, a diretoria analisa as opções para definir quem estará no comando do banco de reservas da equipe até o fim do estadual. Enquanto isso, Rossi assume os treinamentos aguardando uma definição.
- Paolo Rossi assumiu e a gente está analisando essa situação, no momento a gente não definiu. Não está descartado ele ser efetivado, mas temos que ter muita cautela para não se precipitar. Estamos só analisando. No momento ele está respondendo interinamente pelo comando do time. O Paolo foi um cara que trabalhou na segunda divisão, conseguiu conquistar um título pelo clube. Temos duas possibilidades, de efetivá-lo ou definir com um treinador de outro mercado.Meu telefone não para de tocar, mas ainda no momento não tem um preferido - explica Edílson Moreira, diretor de futebol do clube.
Esta definição, no entanto, não deve demorar. Segundo Edílson, a ideia da diretoria é que, quem quer que assuma o comando do 4 de Julho, tenha tempo para treinar o elenco antes da estreia no segundo turno.
- A gente vai estrear dia 29, então gostaríamos que até o começo da próxima semana a gente tenha definido essa situação - resume.
O 4 de Julho chegou à última rodada do primeiro turno na quarta posição, dentro da zona de classificação para as semifinais. No entanto, jogando em casa contra o Piauí, lanterna da competição que tinha perdido os cinco primeiros jogos que disputou, o Colorado foi derrotado de virada e ficou de fora da próxima fase, o que culminou com a demissão do treinador Luís Miguel. No dia 29, a equipe vai a Teresina para enfrentar o Flamengo-PI pela primeira rodada do returno.
Postar um comentário