Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sexta-feira, 3 de março de 2017

Ruy não joga a toalha, vê matemática amiga e sequência para arrumar Altos Estreia do treinador no Jacaré é com derrota de 3 a 0 para Bahia, que deixa vaga no Nordestão ameaçada. Técnico exime Manoel de culpa, após atacante perder pênalti

Por Salvador
bahia x altos; hernane; (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)Altos é goleado pelo Bahia e se complica no Nordestão (Foto: Felipe Oliveira/Divulgação/EC Bahia)
Não foi a estreia desejada por Ruy Scarpino. Em seu primeiro jogo no Altos, o técnico iniciou com derrota, um 3 a 0 para o Bahia, na Fonte Nova, pela quarta rodada da Copa do Nordeste. O placar pôs o time do Piauí em situação delicada no regional. O técnico, contudo, preferiu adotar um discurso otimista após o revés, o primeiro do ano – até então, o Jacaré estava invicto há oito jogos (quatro vitórias e quatro empates). Para Ruy, a matemática ainda é favorável para o time altoense na briga pela classificação a uma das vagas nas quartas de final.  
- Fica mais difícil (a chance de classificação), mas ainda tem chance. A matemática ainda não nos tira da competição, tem que continuar acreditando e trabalhando. A equipe vinha fazendo uma boa partida, principalmente no primeiro tempo embora a gente não tivesse uma boa transição, mas conseguimos jogar um pouco. No segundo tempo, a gente procurou jogar um pouco mais adiantado. Infelizmente, nos detalhes, acabamos errando – analisou Ruy Scarpino, que reforçou a qualidade do elenco. 
- Tem que manter a cabeça erguida, é um time bom. Ter a confiança de ter uma sequência boa para a gente arrumar mais a equipe. Infelizmente, jogar contra o Bahia não é fácil, embora não é impossível conseguir o resultado. Mas se deve reconhecer o potencial da equipe deles. Não se pode errar, você erra e está sujeito ao que aconteceu – completou Ruy. 
O Altos começou com a mesma formação adotada pelo seu ex-treinador, Francisco Diá. A novidade foi o goleiro Rodrigo, que apesar de levar três gols se mostrou bem seguro quando foi exigido. No segundo tempo, Scarpino entrou com Vágner no lugar de Nonato. Trocou o lateral-esquerdo Thiaguinho por Patrick e finalizou as substituições com Uilliam, na vaga de Joelson. 
Bahia x Altos Copa do Nordeste (Foto: Agência Estado)Bahia x Altos Copa do Nordeste (Foto: Agência Estado)

Quando perdia por 2 a 0, o Altos teve um pênalti, aos 21 do segundo tempo. Manoel, porém, desperdiçou. Parou no goleiro Jean duas vezes, na batida e no rebote. Ruy avaliou que o momento foi crucial no jogo.  
- Era uma situação que poderia mudar a história da partida. A equipe iria crescer, e o Bahia poderia se abater. Infelizmente, perdeu, faz parte. Não é momento de apontar os erros e sim levantar a cabeça e corrigir na sequência.  
O Altos para nos três pontos na Copa do Nordeste. Com mais dois jogos pela frente, precisa vencer Fortaleza e Moto Clube, além de torcer por uma engenharia de resultados caso queira se classificar. O time volta a Teresina nesta sexta e no domingo joga pelo Campeonato Piauiense, contra o Parnahyba, no litoral do estado. 
Postar um comentário