Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quinta-feira, 9 de março de 2017

Vitor Belfort minimiza apoio cearense a Gastelum: "Povo brasileiro é receptivo" Lutador descarta reviver dias de "Fenômeno" no UFC Fortaleza de sábado, exalta preparação com nova equipe e fala em "reescrever a história" contra americano

Por Fortaleza
Vitor Belfort, UFC (Foto: Adriano Albuquerque)Vitor Belfort fala com a imprensa durante o media day desta quinta-feira em Fortaleza (Foto: Adriano Albuquerque)
Desde o início da promoção do UFC Fortaleza, o lutador americano Kelvin Gastelum vem tentando conquistar a torcida cearense para seu duelo contra Vitor Belfort. O atleta da equipe Kings MMA cantou Wesley Safadão, dançou arrocha e arrancou gritos de "Vai, Safadão" no treino aberto de quarta-feira. O peso-médio brasileiro, contudo, foi ovacionado pelo público na mesma ocasião, e, em entrevista coletiva na tarde desta quinta, minimizou a simpatia que o adversário vem angariando com suas ações.
- Não estou focado nisso não, é algo sobre o que não tenho controle. O brasileiro gosta disso, de festa, de graça. O povo brasileiro é assim, receptivo. Minha torcida está em casa - garantiu.
De fato, os maiores fãs de Vitor Belfort estão em casa - na Flórida. Sua esposa e filhos não vieram a Fortaleza, mas o lutador os trouxe no coração e nas mãos, através de uma rodinha que girava sem parar durante a ação de mídia, presente de seu primogênito, Davi. Uma forma de se distrair do corte de peso e de perguntas incômodas, como as que abordam sua atual má fase (vem de três derrotas nas últimas quatro lutas) e a falta de uma equipe "de nome" em sua preparação.
Vitor Belfort, UFC (Foto: Adriano Albuquerque)A rodinha que Vitor Belfort recebeu do filho e trouxe consigo para o Media Day do UFC Fortaleza (Foto: Adriano Albuquerque)
- Eu tive que seguir ordens, não determinei nada. O head coach é o time. Existe uma grande falha quando você está fazendo um esporte que tem várias valências. A gente teve o coach Anderson França, o Raphael Romano, a gente teve o Sérgio (Jr.), o (Cassiano) Tytschyo, em que a gente se sentava e reunia como time. O John Wooden, que foi um dos maiores treinadores da história (decacampeão nacional no basquete universitário nos EUA), (dizia que) o grande problema da equipe é quando ela é dividida em cima de uma pessoa só. Na realidade, ela faz parte de um time, e graças a Deus tive um time muito bem feito. Você tem que ter um time que toma as decisões juntas, e foi isso que a gente fez. Estou com um time muito bom.
A menos de um mês de seu 40º aniversário, Belfort tem contra si a juventude de Gastelum, de apenas 25 anos, mas conta a seu favor a experiência acumulada em 20 anos no UFC - sua primeira luta na organização, no UFC 12, aconteceu em fevereiro de 1997, quando seu adversário tinha apenas cinco anos. Esse conhecimento adquirido ensinou ao "Velho Leão" que não adianta lutar contra o tempo e tentar resgatar algo já vivido. Por isso, ele rechaça que possa reviver os dias de "Fenômeno" e não teme fazer tudo diferente.
- É uma nova fase. Um grande problema da humanidade é ficar tentando trazer algo de 20 anos atrás. Não tem como trazer o mesmo Vitor de 20 anos atrás. Mas tenho como renovar e trazer um novo Vitor agora. Se reinventar, escrever uma história nova, isso faz parte da minha vida, é o que fiz durante toda a minha vida, reescrever a minha história. E a maioria dos seres humanos não consegue fazer isso por medo de falhar, de se arriscar, estou muito confiante por isso.
Combate transmite o UFC Fortaleza ao vivo e na íntegra a partir de 20h45 (horário de Brasília) no próximo sábado. O Combate.com acompanha o evento em Tempo Real e exibe as duas primeiras lutas do card preliminar em vídeo ao vivo. Tanto o canal quanto o site transmitem a pesagem cerimonial do torneio na sexta-feira a partir de 18h50. Confira o card completo:
UFC: Belfort x Gastelum
11 de março, em Fortaleza
CARD PRINCIPAL (a partir de 0h, horário de Brasília):
Peso-médio: Vitor Belfort x Kelvin Gastelum
Peso-meio-pesado: Maurício Shogun x Gian Villante
Peso-leve: Edson Barboza x Beneil Dariush
Peso-mosca: Jussier Formiga x Ray Borg
Peso-galo: Bethe Correia x Marion Reneau
Peso-meio-médio: Alex Cowboy x Tim Means
CARD PRELIMINAR (a partir de 21h, horário de Brasília):
Peso-leve: Francisco Massaranduba x Kevin Lee
Peso-meio-médio: Serginho Moraes x Davi Ramos
Peso-galo: Rani Yahya x Joe Soto
Peso-leve: Michel Trator x Josh Burkman
Peso-pena: Rony Jason x Jeremy Kennedy
Peso-médio: Garreth McLellan x Paulo Borrachinha
Postar um comentário