Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Alívio x angústia: Tubarão "vence" Fla no TJD e perde 2 mandos de campo Equipe consegue derrubar denúncia do Fla-PI que pedia anulação do título do turno azulino, mas na mesma sessão vê punição após torcida invadir campo do Lindolfo

Por Teresina
Batista Filho, presidente do Parnahyba  (Foto: Josiel  Martins)Batista Filho, presidente do Parnahyba 
(Foto: Josiel Martins)
Era inevitável o semblante de alegria do presidente Batista Filho ao fim da sessão da comissão disciplinar do TJD-PI, nesta quarta, que extinguiu o processo do Flamengo-PI contra o Parnahyba – a denúncia solicitava a anulação do título azulino do primeiro turno do estadual. Os auditores consideraram que houve uma falha processual do Fla, que não pagou a taxa exigida de R$ 1.500,00. Com isso, o processo acabou nulo no órgão. Embora o dirigente tenha comemorado por essa decisão, a noite não foi totalmente azul para o Parnahyba. O clube azulino perdeu dois mandos de campo por conta da invasão da torcida do litoral no gramado do estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, na final contra o Altos. Cabe recurso. 
O processo estava na pauta desta quarta, foi o terceiro a ser julgado. Os auditores consideram que a invasão da torcida do Parnahyba após o apito final – situação narrada pelo árbitro do jogo na súmula – foi grave e prejudicial à segurança da partida. A defesa do Parnahyba tentou amenizar a punição, afirmando que o clube faz constantes palestras educativas com as organizadas para evitar esse tipo de comportamento, além de argumentar que não houve invasão – os torcedores teriam entrado pelo portão e não pulado o alambrado.  Não foi o suficiente para convencer o tribunal. Além de perder dois mandos de campo, o Tubarão foi punido com R$ 2 mil. 
- Ficamos muito triste. Todos vocês viram que a torcida não invadiu ou o Parnahyba soltar foguete dentro de campo. E outra coisa, ninguém entrou para atrapalhar, foi para comemorar. Temos que acatar. Temos um jogo dentro de casa ainda, para cumprir tem que ser uma final ou semifinal. É triste, principalmente para o nosso torcedor, mas vamos recorrer, é lógico – comentou Batista Filho.    
Parnahyba campeão do primeiro turno  (Foto: TV Clube)Parnahyba é punido no TJD-PI após torcida invadir campo na final do primeiro turno (Foto: TV Clube)

No returno, o Parnahyba joga neste domingo contra o River-PI no Pedro Alelaf, em Parnaíba. Caso não consiga reverter a decisão da comissão o quanto antes, o clube terá que procurar outro lugar para jogar.  
Sobre a extinção do processo do Fla-PI, Batista cutucou o autor da denúncia em sua fala após o anúncio do fim da denúncia.  
- Correta e justa. O Parnahyba argumentou certo, estávamos preparados. Consideramos essa decisão do Fla absurda, mas estávamos tranquilos, muitos tranquilos. O regulamento é o mesmo há cinco anos, mas uma forma que temos que ler o regulamento e trabalhar de forma certa e com lealdade. Foi feito justiça, vamos rumo ao returno – finalizou. 
Postar um comentário