Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Anderson Silva alfineta Weidman após derrota para Mousasi: "Sorte acabou" Peso-médio brasileiro diz que árbitro cometeu erro em polêmica luta pelo UFC 210, mas que "regra é clara" e que ex-rival "teve sorte por algum tempo, e agora acabou"

Por Rio de Janeiro
Anderson Silva e Chris Weidman tour UFC  (Foto: André Durão / Globoesporte.com)Anderson Silva (dir.) e Chris Weidman em 2013: eles se enfrentaram duas vezes (Foto: André Durão / Globoesporte.com)
polêmica derrota de Chris Weidman para Gegard Mousasi no UFC 210, no último fim de semana, não passou despercebida por Anderson Silva. O americano, algoz que encerrou o reinado de Spider no peso-médio em 2013, perdeu por nocaute técnico após uma confusa conferência entre os médicos do evento e o árbitro Dan Miragliotta, que interrompeu o combate por julgar que Mousasi havia desferido duas joelhadas ilegais na cabeça do adversário, mas, depois de observar o replay, voltou atrás e as classificou como legais - Weidman precisava ter dois pés e dois punhos, ou duas palmas, no solo para ser considerado um lutador caído.
Embora tenha reconhecido a culpa de Miragliotta na controversa decisão, "Spider" aproveitou para alfinetar o antigo rival, que enfrentou duas vezes e perdeu ambas - na primeira, nocauteado no segundo round e, na segunda, após quebrar a perna num chute baixo também no segundo round.
- Eu vi rapidamente um clipe que me mostraram no telefone. A regra é muito clara: ele não tinha a mão no chão. Então, ele levou a joelhada, e a joelhada foi legal. A regra é clara. Se ele tivesse as mãos no chão, quatro pontos de contato, você não pode bater nele. O Mousasi ergueu ele quando acertou. Foi um erro do árbitro, obviamente, e quando ele botou as mãos dele de volta ali, ele ficou sem defesa. Mas essas coisas acontecem. Weidman é um cara de muita sorte, e desta vez ele não teve sorte. Ele é muito sortudo, mas sua sorte acabou. Ele teve sorte por algum tempo, e agora acabou - declarou Anderson em entrevista ao site "MMA Junkie".
Não é a primeira vez que o lutador brasileiro fala sobre a "sorte" de Weidman. Em 2013, durante a promoção da revanche entre os dois, Spider insinuou que o americano havia tido sorte em seu primeiro confronto. Ele recuou na ocasião e disse ter sido mal interpretado. Desta vez, quando a reportagem do "MMA Junkie" insistiu se ele queria dizer que o americano confiava mais na sorte do que na habilidade, o paulista respondeu apenas: "Muita sorte. Muita sorte."
Anderson Silva está à espera do anúncio de um novo adversário para o UFC Rio 8, após Kelvin Gastelum ser flagrado no exame antidoping com metabólitos de maconha. Spider, que já lidou com a decepção de ser acusado e suspenso por doping, perdoou o americano.
- Não (fiquei chateado), nem um pouco. É para os fãs que ele tem que se explicar, da mesma forma que eu tive meus problemas, minhas falhas, e tive de me explicar para os fãs. Ele vai ter que se explicar para os fãs. É uma pena, porque ele é um jovem atleta, e isso vai acabar prejudicando um pouco a trajetória dele - declarou o brasileiro.
Postar um comentário