Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Após 108 dias sem jogar, Ganso marca dois gols e dá vitória ao Sevilla

Foto: AFP
Paulo Henrique Ganso aproveitou muito bem a chance que recebeu depois de mais de quatro meses sem jogar. Encostado no banco de reservas do Sevillia, o meia saiu jogando nesta sexta-feira, contra o Granada, e marcou os dois gols da vitória de sua equipe por 2 a 0, dentro de casa, pela 33ª rodada do Campeonato Espanhol.
A atuação do ex-santista foi digna de aplausos. Gols, chapéu, criação de chances de perigo e Ganso foi o principal responsável por garantir o domínio da equipe andaluz, que briga na parte de cima da tabela da competição. A última vez que o camisa 21 foi utilizado havia sido no dia 4 de janeiro, quando esteve entre os titulares e foi substituído no intervalo da vitória de 3 a 0 sobre o Real Madrid, pela Copa do Rei.
O triunfo serviu para deixar o Sevilla ainda mais estabelecido no G4, com os os mesmos 65 pontos do terceiro colocado Atlético de Madrid, que ainda não atuou pela rodada e leva vantagem por conta do saldo de gols. Já o Granada segue com a má fase, praticamente sem chances de permanecer na elite do futebol espanhol, ocupando a 19ª posição, com 20 pontos. O Leganés é o primeiro time fora da zona de rebaixamento, com 27.
Buscando se garantir cada vez mais na próxima edição da Liga do Campeões, os comandados do técnico argentino Jorge Sampaoli voltam a campo no dia 27 de abril, também como mandantes, para encarar o Celta de Vigo. Dois dias antes, o Granada vai em busca de manter vivo o sonho de sair do Z3 recebendo o Espanyol.
O Jogo – Fazendo questão de aproveitar o fator campo e a superioridade técnica do elenco, o Sevilla já dominou as ações do confronto logo a partir do apito inicial e foi para cima. Aos três minutos, Iborra saiu na cara do goleiro após rebote, mas mandou por cima do travessão.
Um minuto depois da primeira oportunidade do confronto, Sampaoli viu que valeu a pena investir na entrada de Paulo Henrique Ganso. O meia brasileiro deu um lindo chapéu no meio-campo, acionou Jovetic, que devolveu o passe. Muito marcado, ex-santista dominou próximo a pequena área e mandou a bomba de perna esquerda para inaugurar o marcador.
Depois do começo intenso, a partida esfriou, mas os donos da casa seguiram com o domínio. Sem conseguir balançar as redes mais uma vez, os alvirrubros saíram da primeira etapa com 1 a 0 no placar e liderando tanto na posse de bola (71%) quanto no número de finalizações (12 contra quatro dos adversários).
Com a mesma movimentação e intensidade, mas com mais qualidade na finalização do que no primeiro tempo, o Sevilla voltou para o intervalo e pôde contar com o mesmo fator para ampliar a vitória: PH Ganso balançando as redes. Logo aos dois minutos, o meio-campista deu uma de centroavante e recebeu cruzamento rasteiro do atacante Paulo Sarabia para só empurrar de perna direita.
À frente no placar e no nível do desempenho, os andaluzes diminuíram um pouco o ritmo, mas permaneceram cercando a área do Granada. O terceiro gol, no entanto, acabou não saindo, mesmo com algumas chances e o 2 a 0 se manteve no placar até o apito final.
Ganso seguia buscando criar as jogadas e se mantinha muito bem na distribuição de bola. O meia foi substituído aos 36 minutos do segundo tempo, para a entrada do titular Franco Vázquez e recebeu muitos aplausos dos torcedores no estádio Ramón Sámchez Pizjuán.
Fonte: Gazeta Esportiva
Postar um comentário