Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 10 de junho de 2017

Inter bate o Náutico e conquista primeira vitória no Beira-Rio pela Série B

O Internacional finalmente presenteou sua torcida com uma vitória em casa na Série B. Pela 6ª rodada da segunda divisão, o Colorado recebeu o Náutico no Beira-Rio e venceu por 4 a 2, a primeira vitória do clube na Série B como mandante. 
O Inter começou a partida já pressionando o lanterna Timbu, sabendo da necessidade de vencer para encostar no grupo de acesso. Aos 3 minutos, D'Alessandro fez boa jogada pela direita e cruzou na medida para Carlos abrir o placar, mas o árbitro Paulo Roberto Junior anulou o gol por impedimento.
O time de Guto Ferreira não se abalou com o erro do juiz e seguiu marcando a saída de bola do Náutico, e não demorou a ser recompensado: aos 10 minutos, em lance parecido com o primeiro, D'Alessandro fez mais um cruzamento para Carlos vencer a marcação e fazer de cabeça, encerrando um jejum de três meses sem marcar pelo Inter. 
Ainda no primeiro tempo, Nico Lopez e Edenilson tiveram boas oportunidades de ampliar, mas pararam nas mãos do goleiro Tiago Cardoso. Por outro lado, via o Náutico começar a entrar na partida, levando perigo ao gol de Danilo Fernandes nos lances de bola parada. Aos 44 minutos, a felicidade alvirrubra: Erick, o melhor do Timbu em campo, fez jogada individual pra cima de Carlos e serviu Vinicius, estreante do Náutico, empatar o jogo.
Na segunda etapa, o time de Guto Ferreira voltou ao gramado disposto a marcar o segundo gol, e Nico Lopez deu lugar ao atacante Marcelo Cirino. Em poucos minutos, o Colorado conseguiu matar a partida: aos 6 minutos, Cirino foi derrubado na área e o juiz assinalou o pênalti. 
Willian Pottker pediu para cobrar e não desperdiçou, chutando forte e no alto, sem chances de defesa para Tiago Cardoso. Cinco minutos depois, Pottker recebeu sozinho na pequena área e chutou para o gol. 
O zagueiro Nirley deslizou no gramado para defender e a bola tocou no seu braço: o árbitro marcou mais um pênalti e expulsou o defensor, que já tinha um amarelo no jogo. Dessa vez, D'Alessandro assumiu a responsabilidade e converteu a cobrança, ampliando a vantagem do Internacional. 
O Colorado ainda teve a chance de marcar o quarto gol de pênalti, quando Pottker foi derrubado na área. O juiz marcou a penalidade máxima, a terceira em 18 minutos, mas Marcelo Cirino desperdiçou, chutando nas mãos do goleiro Tiago Cardoso. 
Com um jogador a menos, o Náutico apostava nos contra-ataques para surpreender o Inter, e conseguiu diminuir a vantagem no placar aos 39 minutos, quando Giovanni lançou Iago na entrada da área, que chutou prensado na defesa e viu a bola morrer no cantinho do gol. 
Aos 44 minutos, mais um pênalti para o Colorado: Juan foi derrubado pelo goleiro Tiago Cardoso, e Pottker foi para a cobrança da penalidade. Dessa vez, no entanto, melhor para o goleiro do Náutico, que defendeu a cobrança do jogador. 
O volante Darlan Bispo ainda foi expulso, e o Timbu terminou o jogo com nove atletas em campo. O Internacional ainda teve tempo de fazer mais um gol, quando Cirino recebeu livre na pequena área e chutou forte no canto. 
Com a vitória, o Internacional entrou no G4 da Série B, ocupando a terceira posição, com 11 pontos somados. Já o Náutico segue amargando a lanterna da competição, com apenas 2 pontos conquistados. 

Fonte: Lance
Postar um comentário