O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Corinthians vence Patriotas na Arena e avança na Sul-Americana

Após empatar o duelo de ida em 1 a 1 na Colômbia, o Corinthians recebeu o Patriotas na sua arena na noite desta quarta-feira. Jogando melhor, mas sem mostrar um bom futebol, o time de Fábio Carille venceu o jogo por 2 a 0, gols marcados por Balbuena e Pedinho, se classificando para as oitavas de final da Copa Sul-Americana.
Como esperado, o Corinthians dominou a posse de bola na primeira etapa. No entanto, a equipe de Carille começou a partida errando muitos passes, deixando o time colombiano avançar o seu time. A partir dos 15 minutos, o time alvinegro cresceu em campo e passou a criar as primeiras chances.
Na primeira oportunidade, Clayton recebeu no meio da área, dominou no peito, mas no momento do chute mandou por cima do gol. Aos 28, Maycon cobrou escanteio da ponta esquerda e Balbueba apareceu sozinho no meio da área para desviar de cabeça, no canto esquerdo, abrindo o placar do jogo.
Precisando do empate, o time colombiano saiu para o jogo e teve a sua melhor chance em uma finalização de fora da área de Ibarguen, aos 42 minutos, defendida por Cássio.
Se o primeiro tempo foi pouco movimentado, a segunda etapa começou ainda pior. Com o Corinthians mais recuado e tentando administrar o resultado, o ritmo do jogo caiu. Do outro lado o Patriotas se esforçava, mas pouco conseguiu assustar Cássio que esteve seguro durante todo o jogo.
No primeiro lance de maior perigo da segunda etapa, Maycon recebeu na entrada da área e de primeira, o jogador soltou uma bomba de perna esquerda, mandando por cima do gol.
No fim da partida, já nos acréscimos, Pedrinho recebeu no comando do ataque, dominou, invadiu a área e após dar um lindo lençol no goleiro mandou para o fundo da rede, fechando o placar na Arena Corinthians.
O Timão enfrenta agora o vencedor de Racing e independiente de Medellin, que duelam nesta quinta-feira. O primeiro duelo foi vencido pelo time argentino por 3 a 1.

Fonte: Goal
Postar um comentário