Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 23 de julho de 2017

CSA 1 x 1 Sampaio Corrêa - Azulão vacila e perde chance de disparar na Série C

O CSA desperdiçou uma ótima oportunidade de disparar na liderança do Grupo A do Campeonato Brasileiro da Série C. Sem conseguir uma boa apresentação, o Azulão cedeu o empate para o Sampaio Corrêa, por 1 a 1, na noite deste domingo, no estádio Rei Pelé, em Maceió. O duelo foi válido pela 11ª rodada da primeira fase.
Apesar do tropeço diante de seus torcedores, o time alagoano continua na liderança do Grupo A, com 20 pontos. São dois pontos a mais que o vice Fortaleza. Além disso, segue invicto em casa no torneio, com três vitórias e três empates. Por outro lado, já está há três rodadas sem vencer uma partida, tendo empatado os últimos três jogos.
O Tricolor maranhense, por sua vez, continua a ostentar a melhor campanha como visitante na Série C. Até agora, tem três vitórias, dois empates e uma derrota. O clube também segue no G4 do Grupo A, com 16 pontos, na terceira posição.
A partida começou bastante movimentada, sobretudo porque o Sampaio Corrêa não ficou limitado à defesa. Tanto que criou boas chances aos seis e aos oito minutos. Primeiro, o goleiro Mota defendeu chute do atacante Isac. Depois, ele contou com a presença do zagueiro Thales, que salvou em cima da linha, após conclusão do meia Marlon.
Mesmo atuando sem seus domínios, o CSA só conseguiu dar uma resposta aos 11 minutos. E desta vez foi o goleiro Alex Alves quem teve de trabalhar. O lateral Rafinha cruzou, o meia Edinho dominou na área, mas antes que finalizasse foi interceptado pelo arqueiro.
Depois de um início empolgante, o ritmo do jogo caiu. Os maranhenses seguiram mais efetivos tanto na marcação como no ataque. Aos 33 minutos, novamente os donos da casa sofreram um susto. O atacante Felipe Marques passou pelo lateral Dick e chutou para outra boa defesa de Mota.
Na segunda etapa, o técnico Ney da Matta decidiu mudar o jogo com as entradas do meia Daniel Costa e do atacante Gustavinho nas vagas do volante Michel Schmöller e do atacante Daniel Angulo. Afinal, o CSA não teve uma boa apresentação na primeira etapa.
As modificações surtiram efeito, já que o time encaixou mais seu jogo na etapa complementar. E foi justamente o meia Daniel Costa quem conseguiu abrir o placar aos dez minutos. O jogador cobrou falta com extrema categoria, sem chances de defesa para Alex Alves.
O grande erro do Azulão foi não ter mantido a intensidade ofensiva nos minutos seguintes, quando o Sampaio sentiu o gol. Os visitantes, aos poucos, voltaram a crescer. Aos 19 minutos, chegaram com perigo pela primeira vez no período. O meia Hiltinho invadiu a área e bateu para boa defesa de Mota.
Sem conseguir impor seu jogo, o time alagoano acabou castigado aos 30 minutos. Após um cruzamento para a área, o atacante Isac subiu no meio da defesa, venceu a disputa com Mota e deixou tudo igual para o Tricolor maranhense.
PRÓXIMOS JOGOS
No próximo domingo, às 16 horas, o CSA volta a campo para enfrentar o Botafogo-PB, no estádio Rei Pelé, em Maceió. Enquanto isso, o Sampaio Corrêa recebe o ASA, no sábado, às 16 horas, no estádio Castelão, em São Luís.

Fonte: Futebol do Interior
Postar um comentário