Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 12 de agosto de 2017

Jogador Diego Costa procura meios legais para deixar o Chelsea

O Chelsea confirmou que está incapaz de falar sobre Diego Costa à medida que os processos judiciais estão em curso para garantir o afastamento do jogador do clube.
O atacante está atualmente treinando sozinho no Brasil, país onde nasceu, depois que Antonio Conte o informou por mensagem de texto que ele não era mais necessário no clube.
O advogado de Costa, Ricardo Cardoso, confirmou à agência de notícias EFE na semana passada que o atacante exploraria todos os meios legais para sair do Blues e ir para o Atlético de Madrid.
Com a situação incerta, Conte foi forçado a responder repetidamente questões sobre Diego Costa durante sua mais recente entreevista coletiva, antes do jogo com o Burnley.
O Chelsea concordou em vender Diego Costa por 76 milhões de euros para o Tianjin Quanjian, da China, em janeiro, mas a mudança caiu devido a uma mudança de regras pelas autoridades da China, que instituiu um imposto de 100% sobre todas as transferências estrangeiras para conter gastos excessivos por lcubes.
Diego Costa, então, procurou o Atlético de Madrid, seu antigo clube, e que está ansioso para contratá-lo. Eles estavam confiantes de que sua proibição de fazer contratações seria revogada, mas acabou sendo confirmada.
O Milan também demonstrou interesse, mas o Atlético continua a ser a opção mais viável. Diego Costa já apareceu em uma camisa do Atlético de Madrid em uma página no Instagram.
Conte foi perguntado por um repórter em sua entrevista coletiva sobre uma atualização do caso Diego Costa e ele respondeu: "eu não sei".
O Chelsea disse, então, que não há "nada para falar (sobre Diego Costa)" antes de explicar a situação quando as câmeras foram desligadas. A situação de Costa não deve ser uma distração pros Blues, que insistem que tem que seguir adiante, pelo menos na perspectiva do futebol.
Acredita-se que o caso legal tenha sido trazido ao mesmo tempo em que Cardoso fez seus comentários à EFE na semana passada. Ele acredita que seu cliente foi discriminado.
"Vamos ativas todos os mecanismos legais (para garantir a saída de Costa) e apresentar formalmente um pedido de transferência", disse o advogado. "Em três temporadas no Chelsea, ele ganhou dois campeonatos e foi o jogador decisivo nessas vitórias".
"Quando ele já estava com a seleção espanhola (para um amistoso contra a COlômbia em junho passado) e antes de viajar para o Brasil para as férias, ele foi liberado do Chelsea por um SMS do técnico Antonio Conte".
"Obviamente, essa notícia, na forma como foi feita, e como ele é conhecido por todos, foi umt ratamento injusto e uma falta de respeito ao jogador por parte de COnte, que é inaceitável e imperdoável".   
"Esse comportamento discriminatório torna impossível a volta de Costa para o Chelsea enquanto Antonio Conte é o técnico. Não há como continua a jogar pelo chelsea, uma mensagem que já foi comunicada várias vezes".
"E ele não vai jogar por nenhum outro clube que não seja o Atlético de Madrid, um clube onde teve sucesso esportivo, mas acima de tudo onde ele sempre foi respeitado, mesmo depois de ter ido ao Chelsea".
Os respresentantes de Diego Costa foram procurados pela Goal para solicitar uma declaração após a coletiva de imprensa, mas eles ainda não emitiram uma resposta. 

Fonte: GOAL
Postar um comentário