Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Futuros Gigantes: Matheus Ferreira, meio-campo do sub-11

Por: Sarah Borborema
São Januário, Rio
imageMatheus Ferreira é uma das joias lapidadas em São Januário- Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

O coração do meio-campista Matheus Ferreira começou a bater pelo Vasco da Gama aos cinco anos de idade. A família, composta por vascaínos apaixonados, levou o pequeno para São Januário, onde deu seus primeiros passos de sucesso no futsal. Não levou muito tempo para que o aluno da escolinha passasse a integrar a equipe e mostrar que possuia o DNA campeão de um atleta do Gigante da Colina. Um dos destaques da categoria sub-11, o atleta fez parte da conquista da Copa Dente de Leite, no primeiro semestre, e é um dos responsáveis pela atual liderança na disputa do Metropolitano.

O filho João da Silva e Eliana Batista conquistou seu espaço na quadra e no campo, onde já soma sete conquistas com a camisa cruzmaltina, com apenas 11 anos de idade. A construção dessa trajetória é fruto de muita dedicação e uma responsabilidade de gente grande. Isso porque Matheus não dispensa a participação em todas as atividades no clube, onde passa boa parte do seu dia. Além de cumprir sua rotina de atleta, o jogador vascaíno é um dos alunos do Colégio Vasco da Gama, localizado no Complexo Esportivo de São Januário, e é um dos atendidos pelo projeto Promove Kids.
imageFoco e determinação são qualidades marcantes de Matheus- Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Quando questionado sobre como começou a sua vida no futebol, o meio-campista foi rápido em responder que algumas pessoas já nascem prontas para o esporte. A conclusão está relacionada a sua facilidade em dominar a bola nos pés, momento em que se sente mais à vontade, como contaram os pais de Matheus. Motivo de orgulho para os familiares, o pequeno já se tornou um referencial para o irmão Gabriel Gomes, de sete anos, que já começou sua trajetória nas quadras de futsal da Colina Histórica. 

O esforço diário é motivado por grandes sonhos, um deles o de representar a equipe profissional do Vasco e conquistar importantes títulos para a história do clube. Apaixonado pela torcida vascaína, Matheus Ferreira alimenta o desejo de ter seu nome gritado pelos torcedores que fazem de São Januário um Caldeirão. O pequeno garante que, no que depender de seu esforço, seus desejos certamente serão realizados no futuro.  Para isso, o jogador se espelha em atletas como o volante Douglas, revelado no clube e com quem se identifica dentro e fora de campo.
Postar um comentário