Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 27 de setembro de 2017

Luxa admite que não levar Romário à Olimpíada foi um dos maiores erros da carreira

Vanderlei Luxemburgo admitiu que não convocar Romário para a disputa dos Jogos Olímpicos de 2000 foi um dos maiores erros de sua carreira.
Em entrevista ao programa Bem, Amigos!, do SporTV, o treinador do Sport garante que após a campanha do Pré-Olímpico e conversas com Ricardo Teixeira, então presidente da CBF, e Marco Antônio Teixeira, ex-secretário geral da entidade, optou por deixar o craque fora de sua lista.
Depois de 17 anos, o comandante assegura que resolveu as suas diferenças com o atual Senador da República:
"Já tem bastante tempo (que resolvemos os nossos problemas). Um dos erros da minha carreira profissional foi eu não ter assumido a responsabilidade e não ter bancado o Baixinho nas Olimpíadas porque é uma coisa que pertence ao técnico. 
Como eu não tinha ainda a experiência na seleção brasileira, eu me deixar por outras pessoas porque na edição anterior levaram jogadores acima de 23 anos e eles não foram muito bem. Então, falaram que seria melhor não levar", afirmou.
"Hoje, com a experiência que eu tenho, com o comando que eu tenho, um dos erros que eu cometi na minha carreira foi não levar ele. Com certeza, ele nos ajudaria a ganhar as Olimpíadas. Eu me deixei levar por grupo e por pessoas que tinham experiência na CBF, que era o caso do Ricardo (Teixeira) e o do Marco Antônio (Teixeira). Eu não levei. 
Todo mundo no Brasil dizia que a Seleção era fantástica porque ganhou o Pré-Olímpico invicto. Mas eu tenho que reconhecer que não poderia abrir mão do Romário em uma competição importante", comentou.
Satisfeito com as palavras de Vanderlei Luxemburgo, o Baixinho agradeceu ao comandante e revelou bastante emoção:
"Parabéns, Vanderlei. Eu fico até emocionado ao ouvir isso de você. Mas como você já falou, já tem anos, nós já resolvemos os nossos problemas. Já conversamos várias vezes e temos vários amigos em comum no Rio de Janeiro. Obrigado pelas palavras. E boa sorte no seu caminho", concluiu.

Fonte: GOAL
Postar um comentário