Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Sem jogar, Luis Fabiano pede para não receber salário no Vasco Atacante ainda se recupera de cirurgia no joelho direito e precisará fazer novo tratamento em São Paulo. Incomodado, ele procurou a diretoria com proposta

Por Felipe Schmidt e Fred Huber, Rio de Janeiro

Luis Fabiano ainda não sabe quando voltará a jogar, mas tem uma ideia clara na cabeça: não quer receber salário no Vasco enquanto não estiver recuperado. O jogador procurou a diretoria do Vasco nos últimos dias e reafirmou a proposta que fizera desde que foi operado. O caso ainda está sendo estudado pela cúpula cruz-maltina.
+ Leia mais notícias do Vasco+ Luis Fabiano tem novo problema e fará tratamento em São Paulo
O contrato de Luis Fabiano com o Vasco é dividido: tem uma parte fixa, de cerca de R$ 150 mil, e outra por produtividade, de acordo com metas estipuladas. O jogador, de 36 anos, tem vínculo com o clube até o fim de 2018.
Luis Fabiano não quer receber do Vasco enquanto não estiver recuperado (Foto: Andre Durão)Luis Fabiano não quer receber do Vasco enquanto não estiver recuperado (Foto: Andre Durão)Luis Fabiano não quer receber do Vasco enquanto não estiver recuperado (Foto: Andre Durão)
O Fabuloso não joga desde o dia 20 de agosto, contra o Bahia. Depois disso, passou por uma artroscopia no joelho direito. Ele vinha sendo preparado para retornar em breve, mas, na segunda-feira, ao fazer nova reavaliação da cirurgia com o doutor que o operou, Renê Abdalla, foi constatado um novo problema.
O atacante tem uma contratura miofascial na perna direita, e ficará em São Paulo para fazer um tratamento que pode levar até duas semanas. Depois disso, segundo Abdalla, ele estará liberado para a preparação física.
- A recuperação foi muito boa. O trabalho feito no Vasco foi muito bom. Mas o Luis é um atleta rodado, e vamos precisar fazer esse tratamento. Provavelmente tem no Rio, mas eu não conheço os profissionais. Por isso, em comum acordo com o atleta e o clube, ele ficará até duas semanas em São Paulo. Quando voltar vai estar liberado para a preparação física e para o treinador - disse Abdalla.
Postar um comentário