Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 1 de outubro de 2017

Sem torcida, Barcelona vence e se isola na ponta do Espanhol em dia caótico

Depois de todo o imbróglio e indecisão quanto à realização da partida no Camp Nou, neste domingo, o Barcelona superou o Las Palmas sem a presença de torcida, uma vez que o jogo foi realizado com portões fechados.
O time de Ernesto Valverde venceu com 3 a 0, com gols de Busquets e Messi (2), em duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Espanhol.
Uma forma de alento em meio ao caótico dia do referendo sobre a independência da Catalunha, que tem deixado feridos em confrontos com a polícia nas ruas de Barcelona, a vitória do Barça deixa a equipe mais isolada na liderança, agora com 21 pontos - ou seja, ainda com 100% de aproveitamento. 
O time de Gran Canaria, por sua vez, estaciona nos seis pontos e, ao fim da rodada, pode terminar a rodada na zona do rebaixamento. 
Valverde optou por entrar com uma composição tática diferente, com Paulinho e Vidal na organização. O time culé esteve pouco inspirado na primeira etapa, com a melhor chance sendo uma bola alçada por Sergi Roberto, que culminou em cabeçada perigosa do meio-campista brasileiro. 
E o duelo foi para o intervalo com uma estatística rara. O Las Palmas teve mais posse bola, embora não tenha ameaçado a meta de Ter Stegen com afinco. Na segunda etapa, Paulinho e Vidal saíram.
Entraram os titulares Iniesta e Rakitic, que conduziram a partida a uma normalidade. Até pelo entrosamento da dupla com Busquets, o Barça passou a cuidar melhor da bola. 
Por falar em Busquets, foi do camisa 5, após passe de Messi, o primeiro gol da partida. E aí começava o show do argentino no vazio Camp Nou.
Aos 25, Messi marcou um gol humilhante para o goleiro Chichizola, driblado como uma criança e espectador privilegiado da habilidade do camisa 10, que só não entrou com bola e tudo porque não quis.
Seis minutos depois, mais um gol de Messi, desta vez só empurrando para o barbante, coroando uma rara jogada coletiva que teve Rakitic e Suárez como coadjuvantes de peso.
Antes do apito final, Suárez chamou a atenção com uma atitude nada comum. Após desperdiçar uma chance cara a cara, o uruguaio rasgou a camisa e deixou o gramado. Detalhe: ainda restavam três minutos para o apito final. 
A insatisfação do camisa 9 se dá, sobretudo, pela fase pouco artilheira neste início de temporada. Agora sem a parceria com Neymar, Suárez soma apenas dois gols desde agosto. 
No primeiro jogo deste domingo, uma chuva de gols e um confronto frenético pela sétima rodada da La Liga. Atuando em casa, no Estádio Anoeta, a Real Sociedad empatou por 4 a 4 diante do Bétis. De cabeça, Willian José marcou o primeiro gol dos mandantes, que estão agora na oitava colocação, com dez pontos, três a menos que o Bétis, quarto colocado.

Fonte: Lance
Postar um comentário