Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 4 de novembro de 2017

Após batalha contra a leucemia, morre, aos 28 anos, judoca piauiense Lima Júnior Família confirma falecimento de atleta menos de um ano após diagnóstico de doença. Professor tinha projeto social com crianças em Teresina

Por GloboEsporte.com, Teresina

O judoca piauiense Lima Júnior não resistiu às complicações provocadas pela leucemia e morreu na madrugada desta sexta, em Teresina. O ex-atleta travou uma difícil batalha contra a doença nos últimos meses, mas viu seu quadro clínico agravar por conta da baixa imunidade. De acordo com informações recebidas pela família junto ao Hospital São Marcos, onde ele estava internado, o baixo número de plaquetas no sangue do professor de judô teria dificultado a capacidade do corpo de combater infecções o que culminou no falecimento. O hospital não revelou os detalhes do caso do paciente.
Lima Júnior (Foto: Reprodução/Facebook)Lima Júnior (Foto: Reprodução/Facebook)
Lima Júnior (Foto: Reprodução/Facebook)
José Francisco Lima Júnior mudou completamente a rotina e se viu obrigado a abandonar dezenas de alunos do projeto social que liderava na capital para cuidar do seu delicado estado de saúde. Diagnosticado com leucemia em 2016, o atleta teve uma severa queda de imunidade por conta da má formação das células sanguíneas, que dificultou a capacidade do próprio corpo de se manter em melhor condição.
Há meses internado, judoca descobriu que pai era compatível para doação de medula (Foto: Reprodução/Instagram)Há meses internado, judoca descobriu que pai era compatível para doação de medula (Foto: Reprodução/Instagram)Há meses internado, judoca descobriu que pai era compatível para doação de medula (Foto: Reprodução/Instagram)

A notícia do falecimento do atleta pegou todos da família de surpresa. Esposa do judoca, Kátia Mayara Lima chegou a festejar, em outubro, a descoberta da compatibilidade do sogro para a doação da medula óssea. Apesar do sinal verde dado pelos exames, Lima Júnior não conseguiu prolongar a espera até a realização da cirurgia.
De acordo com familiares do judoca, o velório deve acontecer ao longo do dia na Pax União, localizada na Avenida Miguel Rosa, Zona Sul de Teresina. O sepultamento está previsto para às 8h de sábado em local ainda não divulgado.
Postar um comentário