Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 25 de novembro de 2017

Atacante equatoriano admite negociação avançada com o São Paulo

Gazeta Esportiva

São Paulo pode estar perto de fechar com um reforço internacional para a temporada 2018. Nesta quinta-feira, Romario Ibarra, atacante da seleção do Equador, afirmou que está em contato com o clube paulista e que as chances são boas de defender o clube do Morumbi.
“O Arboleda me contou sobre o interesse do São Paulo. Firmamos uma autorização a um empresário que está trabalhando com isso. A negociação está muito avançada e é possível que dê certo. Chegar ao São Paulo seria muito bom”, disse Ibarra em entrevista ao site equatoriano Cancha Ecuador.
Além do interesse do clube brasileiro, Ibarra também afirmou que o Cruz Azul, do México, está em conversa com seu pai, que também é seu representante. Atualmente, Ibarra defende a Universidad Católica, equipe do Equador. O atacante de 23 anos defende a equipe desde 2014, e tem em 2017 seus melhores números com a camisa da Universidad: em 31 jogos, marcou oito gols.
Ibarra (dir) vive melhor momento no Universidad (Foto: Divulgação/FEF)
Também em 2017, o jogador fez sua estreia como atacante da seleção equatoriana. Ibarra participou das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018. O jovem disputou apenas duas partidas, totalizando 98 minutos em campo, e marcou dois gols, contra Chile e Argentina.
No atual elenco são-paulino, Ibarra teria um antigo companheiro. O equatoriano Arboleda atuou com o atacante na Universidad Católica, e Ibarra disse acreditar que sua adaptação ao futebol brasileiro seria facilitada por conta da presença do ex-companheiro.
Ibarra atua pelas pontas do ataque, posição que deve passar por reformulação pela diretoria do São Paulo. Para o próximo ano, o Tricolor deve ter Brenner, jovem da categoria de base que deve ser integrado ao elenco profissional, além de Morato e Marcos Guilherme. Os contratos de Marcinho, Denilson e Wellington Nem chegam ao fim em dezembro deste ano, e a diretoria tricolor não deve renovar com os atletas para a temporada 2018.
Postar um comentário