Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 11 de novembro de 2017

Kaká diz que despedida do Orlando City pode ter sido sua última partida como jogador

O Último melhor jogador do mundo antes da era Messi/Cristiano Ronaldo, o meio-campista Kaká participou dos eventos de lançamento da bola oficial da Copa do Mundo da Rússia, onde deu uma declaração que deve cair como um banho de água fria no torcedor são-paulino. 
Em entrevista ao site GloboEsporte.com, o eterno ídolo tricolor afirmou que a despedida pelo Orlando City-EUA, no último final de semana, pode ter sido sua última partida como jogador profissional.
A quinta rodada da Liga dos Campeões vai pegar fogo! Isso porque vai rolar Juve x Barça, Sevilla x Liverpool e Dortmund x Tottenham! Não quer perder? Então, clique aqui e assine o Esporte Interativo Plus apenas R$ 9,90/mês! Dá só R$ 0,33/dia!
?"Foi um dia muito especial... ver meus filhos ali comigo. É um momento de decisão na minha carreira profissional, pode ter sido meu último jogo, não sei. É um momento de reflexão para ter essa decisão e por isso esse jogo foi muito emotivo."
O jogador também evitou ser objetivo em relação à possibilidade de um retorno ao São Paulo em 2018, que foi admitida publicamente pelo presidente do clube, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco. 
?"Fico muito feliz de ter as portas abertas nos clubes onde eu passei. Isso para mim é um grande sinal de que o que eu fiz em campo representou bastante para esses clubes. Tive algumas conversas com o Milan, o São Paulo, o Orlando, até mesmo o Real Madrid, em relação ao meu momento pós-carreira e tudo mais. 
Mas esse é um momento meu e da minha família para poder decidir quais serão meus próximos passos no futuro, dentro ou fora de campo. Antes do final do ano eu tenho que estar com isso decidido na minha cabeça."
Kaká tem 35 anos e foi revelado pelo São Paulo, clube pelo qual disputou 113 jogos oficias e marcou 50 gols, sendo campeão do Torneio Rio-São Paulo em 2001 e do Supercampeonato Paulista em 2002. 
Viveu seu auge no Milan, onde atuou entre 2003 e 2009, sendo campeão italiano, europeu e mundial, título que também conquistou pela seleção brasileira, em 2002.

Fonte: Esporte Interativo
Postar um comentário