Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 10 de dezembro de 2017

Romarinho coloca Al-Jazira no caminho do Real Madrid no Mundial de Clubes

Anfitrião do Mundial de Clubes 2017, o Al Jazira irá desafiar o Real Madrid nas semifinais da competição. Na tarde deste sábado (9 de dezembro), em jogo com poucas chances de gol, a equipe dos Emirados Árabes Unidos bateu o Urawa Reds Diamonds, do Japão, por 1 a 0, no Estádio Zayed Sports, em Abu Dhabi, capital do país.
Apostando nos contra-ataques, o time da casa chegou ao seu gol graças à participação decisiva de um brasileiro. O meia-atacante Romarinho deu assistência para Ali Mabkhout garantir a vitória árabe diante dos nipônicos. O ex-corintiano, inclusive, havia marcado o gol do triunfo sobre o neozelandês Auckland City, na última quarta-feira, pelas oitavas de final.
Representante do país-sede por ser o atual campeão nacional, o Al Jazira enfrentará o Real Madrid, ganhador do Mundial de 2016, na próxima quarta, às 15 horas (de Brasília), no Estádio Xeique Zayed, em Abu Dhabi. No mesmo horário, mas um dia antes, Grêmio e Pachuca, do México, disputarão a outra semifinal, na cidade de Al Ain.
Os japoneses insinuaram pressionar o time da casa no começo da partida, mas só foram ameaçar a meta do goleiro Ali Khaseif aos 27 minutos do primeiro tempo. Após cruzamento pela direita, o atacante Koroki apareceu livre na pequena área, mas bateu por cima do gol.
O Al Jazira respondeu com perigo aos 35, quando o meia Boussoufa driblou o zagueiro na esquerda e cruzou na segunda trave. O lateral direito Fayez apareceu como elemento surpresa e testou no canto, exigindo defesa do arqueiro nipônico.
Apostando no erro do rival, o Al Jazira abriu o placar aos seis minutos da etapa complementar. Após o atacante brasileiro Rafael Silva perder a bola no campo de ataque, o compatriota Romarinho enfiou para Mabkhout. O camisa 7 saiu na cara do gol e tocou entre as pernas do arqueiro Nishikawa, fazendo a festa da torcida em Abu Dhabi.
Os campeões asiáticos por pouco não chegaram ao empate pouco depois. O atacante Muto bateu fraco da entrada da área, mas Ali Khaseif não segurou. No rebote, Koroki tentou tirar do goleiro, que se recuperou ao dar um tapa na bola e afastou o perigo.
Nos minutos derradeiros, o Urawa Reds se lançou ao ataque para, ao menos, levar a decisão para a prorrogação. E quase conseguiu. Aos 43, Koroki cruzou da esquerda, a zaga do Al Jazira não conseguiu afastar e a bola sobrou para Rafael Silva, que mandou na trave, na última chance da equipe japonesa.

Fonte: Fox Sports
Postar um comentário