Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Gilberto lembra recusa em 2011 e diz que quer ser um “louco do bando”

Gazeta Esportiva
Gilberto seria o substituto de Jô no Corinthians (Foto: Djalma Vassão/Gazeta Press)
O atacante Gilberto chegou a ser primeira opção do Corinthians para a vaga deixada por Jô, mas viu o interesse corintiano esfriar devido à rejeição apresentada pela torcida nas redes sociais. Empolgado com a possibilidade de reforçar a equipe que recusou em 2011, o jogador disse ter se arrependido de trocar o Alvinegro pelo Internacional naquela época, mesmo com a palavra de que seria reforço do então técnico Tite.
“Quero ser mais um louco no meio do bando, e é isso que tenho para falar”, comentou o centroavante, em entrevista concedida ao Fox Sports, externando sua vontade de fechar o elenco de Fábio Carille para 2018, já que o treinador deixou claro que, chegando um centroavante, não precisa de mais ninguém.
“De 0 a 10, por mim é 10. Essa parte não sei (sobre chance do acerto), só sei do meu querer. Fico ligando para ele (empresário) direto, mas ele não gosta de conversar muito, de falar sobre o que está acontecendo. Deixa acontecer naturalmente. Até para eu não ficar ansioso demais”, continuou, explicando sua versão para o episódio de sete anos atrás.
“Sem dúvida, se tem uma coisa que eu fiz na vida e me arrependi, foi ter rejeitado naquela época. Achamos que era uma coisa e não era aquilo. Quem tomava conta era meu pai, a gente não tinha instrução de nada. Pode ter atrapalhado o começo da minha história como jogador de futebol em time grande”, argumentou, tirando um pouco da sua culpa na ocasião.
“Na verdade, não foi uma decisão minha. Quem tomava as decisões eram da minha família, era novo, não tinha conhecimento, só ia lá e assinava. Hoje estou mais velho, experiente. Essas pessoas que dizem que não é para eu ir… Prometo que, se eu for, elas vão ser as primeiras a querer que eu não saia”, concluiu.
Ainda que tenha demonstrado vontade de defender o Timão, o ex-são-paulino, de 28 anos, dificilmente será contratado pela diretoria. Após repensar sua aquisição, o clube do Parque São Jorge já pensa até em retomar conversas com Henrique Dourado, descartado na semana passada pelo presidente Roberto de Andrade.
Até o momento, o Corinthians já anunciou quatro reforços para a próxima temporada: o lateral esquerdo Juninho Capixaba, o volante Renê Júnior e os atacantes Emerson Sheik e Júnior Dutra. O zagueiro Henrique e o meia Mateus Vital, que realizaram exames pela manhã, deve ser oficializado até quarta-feira.
Postar um comentário