Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 7 de janeiro de 2018

Lusa perde nos penais para xará do Rio na final da Copa Rubro-Verde

Disputada no estádio do Canindé, a primeira edição da Copa Rubro-Verde conheceu a sua campeã durante a noite deste domingo. A Portuguesa da Ilha do Governador, no Rio de Janeiro, derrotou a Associação Portuguesa de Desportos, anfitriã do torneio, nos pênaltis, por 3 a 1, após empate sem gols no tempo regulamentar.
Idealizada por equipes homônimas de cidades diferentes, a Copa Rubro-Verde reuniu, além das finalistas, a Portuguesa Santista e a Portuguesa Londrinense-PR. Os quatro jogos do torneio de tiro curto foram disputados no Canindé, em São Paulo.
Na última quinta-feira, liderado pelo veterano Zé Roberto, o time da casa havia vencido a Portuguesa Londrinense por 2 a 0, enquanto a da Ilha do Governador superou a rival de Santos nas penalidades, após empate por 1 a 1.
Na preliminar da decisão deste domingo, a Portuguesa Santista, que disputará a Série A3 do Campeonato Paulista neste ano, derrotou a homônima de Londrina por 3 a 2 e terminou a competição em terceiro lugar.
A final, por sua vez, foi um jogo muito mais truncado. No primeiro tempo, apesar da leve superioridade dos cariocas, ambas as equipes abusaram da ligação direta e não criaram chances claras de gol. O panorama da partida continuou o mesmo na etapa complementar e a decisão do título foi para os pênaltis.
Pela Lusa do Canindé, apenas Paulo Fernando converteu a sua cobrança, enquanto Jean, Raúl e Franklin desperdiçaram. Já Raylan, Jonathan e Diego Maia marcaram pela Portuguesa Carioca. Como a equipe mandante não chegou à sua quinta batida, Zé Roberto não pôde bater o penal e passou em branco na Copa Rubro-Verde.
A competição serviu para a Portuguesa como preparação para a disputa da Série A2 do Paulista, seu principal objetivo em 2018. Treinado pelo ex-atacante Guilherme Alves, o time rubro-verde tentará o título para retornar à elite estadual e obter uma vaga na Série D do Campeonato Brasileiro.
Reforçada pelos veteranos William Batoré e Luciano Sorriso, a Lusa fará sua estreia na Série A2 no próximo dia 17, às 20 horas (de Brasília), diante do Batatais, no Canindé. O torneio será disputado por 16 times, sendo que os dois finalistas conquistam o acesso à primeira divisão do Paulista.
Postar um comentário