Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Neymar retorna com show e quatro gols, Cavani bate recorde, e PSG humilha o Dijon

Após ficar de fora da última partida do PSG por conta de dores nas costelas, Neymar voltou ao time nesta quarta-feira, em confronto contra o Dijon, pela 21ª rodada do Campeonato Francês. E o brasileiro 'sobrou'. Endiabrado, Neymar deu show. 
O atacante marcou quatro gols, deu assistência, passes de efeito e conduziu o Paris Saint-Germain ao massacre diante do adversário pelo placar de 8 a 0. Di Maria (2), Cavani e Mbappe completaram a goleada.
Foi a primeira vez nesta temporada que o PSG marcou oito gols em uma partida. Com a vitória elástica no Parque dos Príncipes nesta quarta, o Paris Saint-Germain chega aos 56 pontos, liderando tranquilamente a tabela no Campeonato Francês. Derrotado nesta quarta, o Dijon permanece com 25 pontos, em 11º.
Além do show de Neymar, a partida ficou marcada por um número alcançado pelo uruguaio Cavani. Com o tento marcado, o atacante chegou aos 156 gols com a camisa do PSG, igualando Ibrahimovic no topo da artilharia da história do clube.
Pela 22ª rodada do Campeonato Francês, às 17 horas (de Brasília) deste domingo, o embalado Paris Saint-Germain volta a campo para enfrentar o Lyon, no Stade des Lumieres. Já o Dijon, às 17 horas de sábado, pega o Strasbourg, na condição de visitante.
Em ritmo de treino, o Paris Saint-Germain inaugurou o marcador logo aos três minutos de partida. Em uma jogada 100% argentina, Giovani Lo Celso ajeitou na entrada da área para o compatriota Angel Di Maria, que chutou colocado, no ângulo esquerdo do goleiro Baptiste Reynet.
O time da casa aumentou a vantagem diante do frágil Dijon aos 14 minutos do primeiro tempo. Contanto com um corta-luz de Lo Celso, Edinson Cavani deixou Neymar na cara do gol. O brasileiro tocou na saída de Reynet e, como a bola sairia pela linha de fundo, Di Maria apenas completou.
O terceiro gol do Paris Saint-Germain saiu aos 20 minutos da etapa inicial, novamente com a participação de Angel Di Maria. O argentino desceu pela direita e cruzou para cabeçada certeira de Cavani - com 156 gols, o uruguaio igualou Zlatan Ibrahimovic como maior artilheiro da história do clube.
O Paris Saint-Germain ainda encontrou tempo para marcar o quarto gol cinco minutos antes do final do primeiro tempo. Em cobrança de falta pelo lado direito, Neymar conseguiu vencer a barreira do Dijon. O goleiro Reynet nem pulou para tentar a defesa.
A equipe mandante manteve a ampla superioridade na etapa complementar e chegou ao quinto gol aos 12 minutos. Yuri Berchiche desceu pela esquerda e cruzou rasteiro. Na tentativa de afastar, Cedric Yambere acabou ajeitando para Neymar fuzilar o goleiro Reynet.
O brasileiro Neymar marcou seu terceiro gol aos 28 minutos do segundo tempo, em grande estilo. O atacante da seleção partiu do lado esquerdo do meio de campo e arrancou no rumo da área. Após passar por cinco adversários, finalizou com precisão.
Quatro minutos depois, com o Dijon entregue, o Paris Saint-Germain aumentou ainda mais sua larga vantagem. Neymar recebeu pela esquerda, e esperou pela passagem de Kylian Mbappe. Na cara do goleiro Reynet, o jovem atacante francês bateu para o fundo da rede.
O Paris Saint-Germain marcou seu oitavo e último gol aos 37 minutos do segundo tempo, quando o uruguaio Cavani recebeu dentro da grande área e sofreu falta de Yambere. Encarregado de cobrar o pênalti, Neymar bateu no canto direito de Reynet, que novamente nem pulou.

Fonte: ESPN
Postar um comentário