Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

Técnico denuncia manipulação de resultados na Copinha; FPF investiga

José Victor Ligero São Paulo , SP
O Estanciano-SE pode estar envolvido em um suposto esquema de combinação de resultados na edição 2018 da tradicional Copa São Paulo. O técnico Ricardo Pereira afirma ter recebido proposta para o time sergipano perder o duelo contra a Itapirense, na última quinta-feira (4), pela estreia no torneio da categoria sub-20.
De acordo com Pereira, a oferta foi feita por duas pessoas que foram apresentadas inicialmente como empresários de atletas, mas que em seguida confirmaram que trabalhavam para um site de apostas do exterior. Ainda segundo o treinador, o esquema contou com a anuência de Sidnei Araújo, presidente do Estanciano.
“O presidente falou que ninguém era menino, que eles tinham uma situação para ganhar dinheiro e que todo mundo fazia isso. Foi aí que um dos rapazes me explicou a situação, que eu ganharia R$ 7 mil”, afirmou Pereira à Gazeta Esportiva.
Ricardo Pereira, agora ex-treinador do Estanciano, denunciou esquema de manipulação de resultados na Copinha (Foto: Reprodução/Facebook)
Além do valor, disse ter sido oferecida uma passagem aérea de volta a Sergipe e que, portanto, não precisaria retornar de ônibus com a delegação. Ricardo afirmou ter recusado a proposta de imediato e ter sido cumprimentado por Sidnei pela resposta negativa ao se encontrarem em um supermercado próximo ao hotel onde estavam hospedados, em Itapira.
O Estanciano acabou derrotado por 3 a 2 para o Itapirense na estreia da Copinha. De acordo com Pereira, como as propostas não cessaram após o jogo, chegando inclusive a jogadores, decidiu se desligar do cargo no dia seguinte ao revés. Antes do pedido de demissão, o treinador conversou com os atletas.
“Falei que recebi a proposta, mas não comentei de onde ela veio. Falei que não venderia o sonho deles de maneira nenhuma e eles entenderam a situação”, contou.
Segundo o treinador, os jogadores que aderisse ao esquema receberiam R$ 2 mil cada um, além de um bônus de R$ 500 por pênalti cometido. No entanto, ainda de acordo com ele, atletas gravaram as supostas negociações por celular e os áudios foram encaminhados ao Comitê de Integridade da Federação Paulista de Futebol (FPF), organizadora do torneio.
“O caso foi encaminhado ao Comitê de Integridade. A FPF trabalha ativamente para combater a manipulação de resultados. Criou em 2015 o Comitê de Integridade, que analisa e investiga denúncias de supostos casos”, disse a FPF em nota oficial.
O presidente do Estanciano, Sidnei Araújo, se afastou do cargo e afirmou em nota oficial divulgada nas redes sociais que vai “demonstrar quem são os verdadeiros culpados pelas falsas denúncias e quem são os verdadeiros corruptos envolvidos nos fatos ocorridos na Cidade de Itapira, durante a Copa São Paulo”.
O Estanciano acabou perdendo o segundo jogo na Copinha também por 3 a 2 para o Fortaleza. Já eliminado, o time se despede da competição diante do Volta Redonda, nesta quarta-feira, às 17 horas (de Brasília).
Abaixo, veja a íntegra do presidente do Estanciano:
O presidente do Estanciano Esporte Clube, vem COMUNICAR a todos o seu pedido de LICENÇA da Presidencia Executiva por periodo indeterminado, objetivando o seguinte:
1 – Providenciar sua defesa, referente as acusações que estão sendo vinculadas pelas redes sociais contra sua pessoa;
2 – Ajuizar ações criminais contra os elementos, que, tentam macular sua reputação;
3 – Demonstrar quem são os verdadeiros culpados pelas falsas denúncias e quem são os verdadeiros coruptos envolvidos nos fatos ocorridos na Cidade de Itapira, durante a Copa São Paulo. Em alguns dias, todos saberão quem esta falando com a verdade.
Durante o seu pedido de AFASTAMENTO, assumirá o vice-presidente executivo.
Estância(SE), 07 de Janeiro de 2018.
Sidnei Santos Araujo
Presidente
Postar um comentário