Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

Em jogo tenso, Grêmio fatura a Recopa Sul-Americana nos pênaltis

Foi com muita emoção! O Grêmio faturou o bicampeonato da Recopa Sul-Americana após empatar em 0 a 0 no tempo regulamentar e na prorrogração, e vencer o Independiente por 5 a 4 nas penalidades, com direito a defesa de Marcelo Grohe na última cobrança.
Fotos: Lucas Uebel/Grêmio/Divulgação
O Tricolor foi o dono da partida em Porto Alegre, ficou com um a mais ainda no primeiro tempo, pressionou, mas parou nas defesas do goleiro Campaña. Só que na marca da cal os brasileiros foram perfeitos, assim como seu goleiro, que brilhou novamente, e o clube gaúcho faturou mais um título internacional.
A primeira etapa ficou marcada pela tensão em campo. De um lado, o Grêmio se mostrou disposto a propor o jogo. Mas do outro, o Independiente veio com a costumeira catimba argentina tentando amarrar a partida e fazendo bastantes faltas.
Mas no meio disso tudo, teve espaço para chances criadas. Na marca dos 7, Everton recebeu de Alisson, driblou o goleiro e chutou, mas Amorebieta tirou em cima da linha.
Os hermanos responderam na sequência em chute perigoso de Fernández. Mais para o fim, o clima esquentou de vez. Primeiro porque Luan perdeu um gol na cara aos 37. Depois, porque o camisa 7 levou uma solada de Amorebieta. O árbitro viu o lance pelo vídeo e expulsou o zagueiro.
As equipes voltaram com os ânimos controlados para a segunda etapa e o Grêmio encontrou o Independiente completamente fechado. O Tricolor trabalhou a bola com paciência e chegou na marca dos 8, quando Everton saiu na cara do gol e Campaña salvou. O goleiro do time argentino apareceu novamente em chute de Jael, aos 28. Então, o Independiente conseguiu segurar o time brasileiro e levar a decisão para a prorrogação.
Prorrogação
A prorrogação foi total de ataque contra defesa, mas não com tanta intensidade, até por conta do cansaço das equipes. Mas o Grêmio seguiu martelando e Jael acertou o travessão no primeiro tempo.
Já no segundo, o atacante bateu falta, a bola desviou na zaga e Campaña fez outra defesa. Já o Independiente perdeu grande chance em cabeçada de Meza. No fim, Maicosuel deu a última arrancada em contra-ataque, bateu cruzado e Campaña espalmou de novo, e a decisão foi para as penalidades.
Pênaltis
Maicon, Cícero, Jael, Everton e Luan acertaram as suas cobranças, enquanto o Independiente marcou quatro, já que Marcelo Grohe defendeu a última cobrança de Benítez e garantiu o bicampeonato Tricolor.

Fonte: GOAL
Postar um comentário