Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sexta-feira, 23 de março de 2018

Agência Mundial Antidoping pede aumento de suspensão de Guerrero

A torcida do Flamengo espera com ansiedade o "reforço" de Guerrero, ainda mais após a volta do camisa 9 aos treinos no Ninho do Urubu, mas o retorno do centroavante pode sofrer um atraso.
Suspenso por seis meses, Guerrero tem volta prevista, no momento, para 3 de maio (Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
A WADA, Agência Mundial Antidoping, pediu à Corte Arbitral do Esporte (CAS) o aumento da pena do jogador para dois anos. A informação é do site "Globoesporte".
A defesa de Guerrero, por outro lado, ainda tenta - e acredita - na absolvição do centroavante peruano. Os advogados pressionam a CAS pelo agendamento da audiência final desde o início do ano. A demora já gera uma insatisfação entre os profissionais de defesa e do próprio Flamengo, principalmente de Guerrero.
O recurso da defesa de Paolo Guerrero e a apelação feita pela WADA serão julgadas na audiência da CAS. O resultado final será anunciado dias depois.
Após ser flagrada o exame antidoping em partida do Peru contra a Argentina, em 5 de outubro pelas Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial, Guerrero foi suspenso, de forma preventiva, pela Fifa por 30 dias em 3 de novembro.
Em 8 de dezembro, a Fifa anunciou a suspensão do atacante por um ano e depois, em 20 de dezembro, reduziu o afastamento do atleta em seis meses, aceitando o recurso da defesa do jogador, que desde então tenta a absolvição.
Na terça-feira, dia 20 de março, Guerrero voltou ao Ninho do Urubu e reencontrou os companheiros de Flamengo. O atacante estava impedido de utilizar as instalações do clube e vinha mantendo a forma física na Argentina.
A liberação de Guerrero ao dia a dia do Flamengo estava prevista no Código Antidopagem da Fifa, que diz que o atleta "poderá regressar ao treinamento com uma equipe ou ao uso das instalações de um clube durante o último quarto do período de suspensão imposto, se este for inferior a dois meses".
Neste momento, com a punição de seis meses, Guerrero estará apto a atuar pelo Flamengo no dia 3 de maio, reforçando o time na reta final da fase de grupos da Copa Libertadores e nas rodadas iniciais do Campeonato Brasileiro.

Fonte: Lancenet
Postar um comentário