Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sexta-feira, 23 de março de 2018

Clássico Fla-Flu define finalista da Taça Rio

Valendo vaga na final da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca, Fluminense e Flamengo se enfrentam nesta quinta-feira, às 20h (de Brasília), no Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ), em choque válido pelas semifinais. 
No único jogo do ano entre as equipes, goleada do Flu por 4 a 0 (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

Por ter melhor campanha o Tricolor tem a vantagem do empate. A rivalidade entre os clubes está em alta desde a final do Estadual do ano passado, vencida pelos flamenguistas. Este ano, porém, foi o time das Laranjeiras quem sorriu no único encontro entre ambos até aqui: goleada de 4 a 0 sobre o rival, que preservou alguns titulares de olho na Copa Libertadores.
“É uma outra situação. Não podemos levar muita coisa daquela partida para o jogo desta quinta-feira, que vale uma vaga em uma final que queremos muito conquistar. Meus jogadores sabem que precisamos ser superiores ao Fluminense para atingirmos nossos objetivos”, disse Paulo César Carpegiani, comandante do Flamengo.
O clima de rivalidade vai ser ainda maior agora, pois os times encontraram motivação para a vitória: “É um jogo especial. Todos sabem. Tanto o lado de lá, como o lado de cá. Temos que nos doar o máximo em campo, pois isso é um passo importante na luta pela classificação para a decisão”, afirmou Abel Braga, técnico do Flu.
Vencedor da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca, o Mengão já está nas semifinais do Estadual. Mas seus jogadores garantem que o desejo agora é o de ganhar também a Taça Rio, o que lhe garantiria de forma antecipada um lugar na grande decisão do Carioca.
Everton Ribeiro acredita que a equipe ode vencer o rival para depois, faturar a Taça Rio: “Nosso objetivo é conquistar também o título da Taça Rio, o que nos levaria diretamente para a decisão do Campeonato Carioca, sem a necessidade de uma semifinal, onde qualquer coisa pode acontecer. 
Sabemos que o caminho para isso é ingrato e por isso mesmo respeitamos o Fluminense e entendemos que as dificuldades agora serão ainda maiores. Mas temos condições de desempenhar um bom papel” – disse o meia.
O fato do Tricolor ter uma vantagem é um ingrediente importante no jogo. Porém, o fato de poder empatar é minimizado pelos atletas: “Não estamos pensando no empate. É um resultado que nos agrega, mas não estamos pensando nisso. Nossa maneira de jogar vai ser a mesma. Ainda mais se falando de clássico, de Fla-Flu, você nunca entra pensando em empatar”, frisou Richard.
Em termos de escalação, Abel Braga garantiu a manutenção do esquema com três zagueiros e vai manter a base que está invicta ao longo de todo o segundo turno. Com isso, voltam os titulares, preservados no fim de semana no empate por 1 a 1 com a Cabofriense.
Pelo lado Rubro Negro, o volante Jonas, que deixou a goleada de 4 a 0 sobre a Portuguesa antes do fim por conta de um pisão no pé esquerdo, não teve lesão e está em tratamento, não devendo ser problema. 
O zagueiro Réver e o atacante colombiano Marlos Moreno, ambos livres de lesões musculares, foram reintegrados e podem ser relacionados. O meia Lucas Paquetá, que estava suspenso diante da Lusa, reaparece.
Quem também tem presença certa, mas no banco de reservas, é o atacante Felipe Vizeu, que esteve ausente do duelo contra o Emelec, no Equador, e contra a Portuguesa, em Cariacica, por problemas particulares. Com isso, o jovem Lincoln não será relacionado.

Fonte: Gazeta Press
Postar um comentário