Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 4 de março de 2018

Com gol 600 de Messi, Barcelona dispara na liderança do Espanhol

Foto: AFP
Em confronto decisivo pela rodada de número 27 do Campeonato Espanhol, neste domingo, o líder Barcelona superou o vice Atlético de Madrid no Camp Nou, pelo placar de 1 a 0. Destaque para Lionel Messi, que anotou um belo gol de falta, decidindo a partida e chegando a 600 gols na carreira.
Com o resultado, o time catalão dá um importante passo em direção ao título nacional, se mantendo na ponta da tabela e aumentando a diferença para os colchoneros, que agora chega a oito pontos. O time da capital, portanto, desperdiçou a chance de encostar na liderança e acirrar a disputa pelo caneco, a 11 rodadas do final do campeonato.
O Jogo – Como de costume no Camp Nou, o domínio da partida foi todo do Barcelona. O Atlético teve muita dificuldade para se impor e intervir no toque de bola do time da casa, que não sofreu nenhum perigo ao longo do primeiro tempo.
Lionel Messi foi o primeiro a levar perigo, se livrando da marcação de três defensores colchoneros e arricando de fora da área. O chute saiu fraco e a bola ficou com Oblak.
Aos 26 minutos, o argentino teve nova chance, agora em bola parada. Como se fosse um pênalti, o camisa 10 colocou a bola na gaveta de Oblak, que até chegou a encostar nela, mas não conseguiu evitar o gol, o de número 600 na carreira de Messi. Ademais, foi o terceiro jogo seguido em que este balançou a rede adversária a partir de cobranças de falta.
Antes do intervalo, Coutinho ainda teve a chance de ampliar. O brasileiro recebeu pela esquerda, esperou a passagem de Alba e experimentou de canhota. O chute foi bom, forte, mas acabou saindo em cima do goleiro do Atleti, que espalmou para escanteio.
A etapa final se desenhou de maneira muito semelhante ao primeiro período. O Barça controlou as ações, sem sofrer riscos, mas também não criou tantas oportunidades claras de ampliar o marcador. Messi voltou a aparecer, recebendo de André Gomes e, de novo, experimentando de fora. Giménez apareceu no meio do caminho e afastou o perigo.
Oblak salvou o Atleti aos 33 minutos, quando Busquets aproveitou a cobrança de escanteio, apareceu na segunda trave e colocou o pé. O goleiro esloveno mostrou grande reflexo e impediu o segundo gol catalão.
Um gol anulado foi o lance mais significativo do Atlético de Madrid nos 45 minutos finais. Correa levantou na área, Diego Costa brigou com Busquets e a bola sobrou limpa para Gameiro, que estufou as redes. Porém, o hispano-brasileiro se encontrava em posição irregular, com um pé à frente da linha defensiva do Barcelona.
Fonte: Gazeta Esportiva
Postar um comentário