Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sábado, 24 de março de 2018

F1: Lewis Hamilton faz a pole e frustra planos da Ferrari em Melbourne

Lewis Hamilton voltou a se impor neste sábado ao garantir a sua 73ª pole position da carreira para o Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1. O atual campeão mundial voou baixo no traçado de Albert Park para cravar 1min21s164 (recorde da pista) com pneus ultramacios e não dar qualquer chance para a Ferrari, que teve de se contentar com a segunda e terceira colocações, com Kimi Raikkonen e Sebastian Vettel, respectivamente.
Após cravar o melhor tempo no último treino livre, Vettel tinha esperanças de que poderia surpreender e superar a Mercedes, no entanto, o que se viu na pista foi um Lewis Hamilton impecável. 
O alemão da Ferrari sequer conseguiu dividir a primeira fila com o rival britânico, já que teve como volta mais rápida a completada em 1min21s838. Quem garantiu a segunda colocação foi Kimi Raikkonen, que cruzou a linha de chegada em 1min21s828.
Companheiro de Hamilton, Valtteri Bottas, que havia terminado o Q2 na terceira posição, com 1min23s686, acabou perdendo o controle na curva 2 e se chocando contra a parede no início do Q3.
Sem qualquer condição de voltar à disputa, uma vez que seu carro ficou bastante danificado, o finlandês da Mercedes terá de largar na quinta fila do grid, na décima colocação.
Dentro de suas limitações, Max Verstappen fez o que pôde e também pode incomodar a Ferrari e a Mercedes na briga pelo pódio neste domingo. O jovem da Red Bull irá largar em quarto lugar, logo atrás de Sebastian Vettel, já que cravou 1min21s879.
Daniel Ricciardo, seu companheiro na equipe austríaca, fez o quinto melhor tempo do Q3, porém, largará mais atrás pelo fato de ter sido penalizado com três posições no grid.
Fernando Alonso, por sua vez, vinha bem na sessão, porém, aos poucos, foi sendo jogado para baixo e nos últimos segundos do Q2 acabou desclassificado graças a Carlos Sainz, da Renault, que cravou 1min23s061 para tirar seu compatriota da disputa pelas dez primeiras colocações do grid. 
Lewis Hamilton foi impecável no treino classificatório neste sábado (Foto: SAEED KHAN/AFP)
Contudo, quem pensou que o bicampeão mundial ficou insatisfeito com o desempenho do seu carro se enganou, já que ele fez questão de comunicar à equipe via rádio que estava contente com o que sua McLaren produziu ao longo das vésperas do GP da Austrália, ainda que irá largar em 11º lugar.
Substituto de Felipe Massa na Williams, Sergey Sirotkin mostrou boa desenvoltura em seu primeiro treino classificatório na Fórmula 1 e, inclusive, chegou a figurar fora da zona de eliminação no Q1. 
No entanto, o piloto russo acabou sendo superado pelos demais concorrentes do pelotão dos fundos do grid e irá iniciar sua trajetória na principal categoria do automobilismo mundial largando na 19ª colocação, à frente apena de Pierre Gasly, da Toro Rosso.
O Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 acontece na madrugada deste domingo, às 2h10 (de Brasília), no circuito de Albert Park, em Melbourne.

Fonte: Gazeta Esportiva
Postar um comentário