Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 14 de março de 2018

Matemática ainda dá luz ao Fla-PI, mas ambiente do time é de fim de expediente Com reforços para returno dispensados, diretoria monitora jogos antes da partida contra o Altos, no dia 24, para avaliar novos cortes. Alessandro fala de momento: "Crescemos até onde deu"

Por Arthur Ribeiro e Josiel Martins, Teresina
O Flamengo-PI só volta a jogar no Campeonato Piauiense apenas no dia 24 de março, pela oitava rodada do estadual. É um tempo longo –mais de uma semana sem entrar em campo – que prolonga a sensação de marasmo no Rubro-Negro. Lanterna do estadual com quatro pontos, o Leão pode chegar nesse confronto com o Altos eliminado. Vai ter que torcer para o 4 de Julho não pontuar sobre o Jacaré (na quinta-feira) e nem Piauí (no domingo), além de secar o Parnahyba contra o River-PI, para pode ainda ter chances de classificação. Embora matematicamente seja possível, a ida à semifinal do torneio é uma ideia cada vez mais improvável para o time – sentimento deixado claro na reapresentação.
Novas dispensas antes do fim do Piauiense, segundo apurou o GloboEsporte.com, não estão descartadas. A diretoria vai esperar os resultados antes da partida contra o Altos para avaliar a situação. Caso não tenha mais chances matemáticas de avançar de fase, provavelmente, o elenco será enxuto de novo.
Treino Flamengo-PI  (Foto: Arthur Ribeiro/GloboEsporte.com)Treino Flamengo-PI  (Foto: Arthur Ribeiro/GloboEsporte.com)Treino Flamengo-PI (Foto: Arthur Ribeiro/GloboEsporte.com)
A derrota para o River-PI, por 1 a 0, praticamente aniquilou qualquer ambição da equipe de chegar mais longe, tanto que três reforços para o returno deixaram o Rubro-Negro antes do previsto: o goleiro Matheus, o meia Vitor Leal e o meia-atacante Anderson Luiz. Um dos líderes do elenco, o volante Alessandro deu a deixa do ambiente “fim do expediente” do Fla.
- Nesses dias tive uma avaliação completa da competição. O que começa errado, termina errado. É pensar em sair com vitória, pensar no próximo ano. Espero que o Flamengo-PI cresça, se organize e monte um grande time. No segundo turno, tivemos sim uma melhora. Foi mais o psicológico, a confiança, a autoestima melhorou - contou Alessandro.
Treino Flamengo-PI  (Foto: Arthur Ribeiro/GloboEsporte.com)Treino Flamengo-PI  (Foto: Arthur Ribeiro/GloboEsporte.com)Treino Flamengo-PI (Foto: Arthur Ribeiro/GloboEsporte.com)
Nesta quarta-feira, o técnico Paulo Júnior volta a comandar os treinos no Leão. O treinador se ausentou após o Rivengo. Além do Altos, o Flamengo-PI joga contra o 4 de Julho, no dia 1º de abril. O Rubro-Negro tem campanha de uma vitória, um empate e seis derrotas.
- Crescemos até onde deu, temos o nome a zelar pela competição, buscar a vitória. Acreditamos bastante nas palavras de algumas pessoas, mas deixo para lá. É pensar no futuro – comentou Alessandro, se referindo a lições aprendidas no clube.
Postar um comentário