Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 7 de março de 2018

Santos esbarra no gramado e perde para o Novorizontino

O Santos esbarrou na chuva e em um gramado de péssimas condições ao perder por 2 a 1 para o Novorizontino na noite desta quarta-feira, no Estádio Jorge Ismael de Biasi, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. Com time técnico e oito garotos revelados nas categorias de base, o Peixe criou muito pouco.
O técnico Jair Ventura poupou alguns titulares, como David Braz, Gabigol e Eduardo Sasha, e apostou na velocidade de Rodrygo, Arthur Gomes e Yuri Alberto na frente. Com campo pesado, a alternativa não deu certo.
O Novorizontino abriu o placar com Juninho no primeiro tempo. Na segunda etapa, o Santos esboçou a reação ao empatar com Yuri Alberto aos nove minutos, mas Lucas Veríssimo (contra) desempatou logo na sequência. E mesmo com a expulsão de Jean Patrick aos 21?, o Peixe não teve forças para buscar o empate.
Na próxima rodada e última da primeira fase do Paulistão, o Santos enfrentará o São Bento, domingo, às 17h, na Vila Belmiro. O Novorizontino visitará o Santo André, fora de casa, na mesma data e horário. As duas equipes já estão classificadas.

Chuva impediu planos de Jair Ventura (Foto: Ivan Storti/SFC)
O jogo
É difícil escrever mais de três parágrafos sobre o primeiro tempo em Novo Horizonte. A chuva e o gramado ruim fizeram com que o futebol fosse impraticável. Em 45 minutos, quatro finalizações foram contabilizadas. Duas para cada lado.
E na primeira, o Novorizontino fez o gol. Aos 19 minutos, Jean Carlos lançou Juninho, que bateu forte, a bola desviou em Lucas Veríssimo e matou o goleiro Vanderlei. Daniel Guedes e Alison, sem a ajuda de Arthur Gomes, foram envolvidos na triangulação.
Aos 21, a equipe da casa quase ampliou. Éder, na pequena área, chutou e Gustavo Henrique, com as costas, debaixo do gol, salvou. No mais, chutões e passes que esbarraram nas poças d’água.
Reação interrompida
O Santos voltou um pouco melhor para o segundo tempo e deu mostras de que poderia virar. Aos nove minutos, o estreante Dodô cobrou bem uma falta para a área, o goleiro Oliveira não afastou e Yuri Alberto empurrou para as redes. Aos 16 anos, o centroavante marcou pela primeira vez no debute como titular.
Quando o placar marcava 14?, porém, veio a ducha de água fria. Vecchio errou passe na intermediária, o Novorizontino invadiu a área com Alisson Safira e o chute cruzado explodiu em Lucas Veríssimo, que fez contra, retomando a vantagem para o time do interior.
Aos 21 minutos, o Santos teve uma boa notícia. Jean Patrick recebeu dois cartões amarelos em sequência por reclamação e foi expulso. Ele discutiu com o capitão Anderson Salles antes de ser advertido. Mesmo com a vantagem, porém, o Peixe esbarrou em pouca inspiração e gramado ruim.
Nos minutos finais, o alvinegro pressionou, mas não criou chances claras de gol e perdeu por 2 a 1 para o Novorizontino, classificado para as quartas de final do Campeonato Paulista, assim como o Santos.
FICHA TÉCNICA
Novorizontino 2 x 1Santos
Local: Estádio Jorge Ismael de Biasi, em Novorizontino (SP)
Data: 7 de março de 2018, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: Daniel Luis Marques e Luiz Alberto Andrini Nogueira
Público e renda: 5.426 e R$ 152.995,00
Cartões amarelos: Novorizontino: Alisson Safira, Jean Patrick, Rafael Ratão e Tallyson. Santos: Gustavo Henrique e Alison.
Cartão vermelho: Jean Patrick.
GOLS:
Novorizontino: Juninho, aos 19 do 1T e Lucas Veríssimo (contra), aos 14 do 2T;
Santos: Yuri Alberto, aos 9 do 2T.
NOVORIZONTINO: Oliveira, Tony, Anderson Salles, Éder e Tallyson; Adilson Goiano, Jean Patrick e Jean Carlos (Lucas Siqueira); Cléo Silva, Juninho (Rafael Ratão) e Alisson Safira (Guilherme).
Técnico: Doriva
SANTOS: Vanderlei, Daniel Guedes, Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Dodô; Alison; Arthur Gomes (Diogo Vitor), Léo Cittadini, Vecchio (Vitor Bueno) e Rodrygo (Eduardo Sasha); Yuri Alberto
Técnico: Jair Ventura
Fonte: Gazeta Esportiva
Postar um comentário