Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 7 de março de 2018

Vai pra Rússia: Federação descarta boicote da Inglaterra na Copa do Mundo

A Associação Inglesa de Futebol (FA) não acredita que os comentários feitos por Boris Johnson, Secretário do Exterior, sobre o relacionamento do Reino Unido com a Rússia possam colocar a perigo a participação da Inglaterra na Copa do Mundo de 2018.
Em pronunciamento na Câmara dos Comuns na terça-feira, Johnson precisou abordar o tema do suposto envenenamento do ex-espião Sergei Skripal em Salisbury. O russo e sua filha, Yulia, estão internados desde o último domingo, quando foram encontrados inconscientes em sua residência. Ambos estão em estado grave.
Johnson prometeu que o governo britânico responderia "de forma adequada e robusta" caso fossem encontradas evidências de culpa russa no caso. Mas foram seus comentários sobre a participação inglesa no torneio de junho que deram a entender um possível boicote da nação aos anfitriões.
"Se as coisas acabarem por ser o que os membros da Casa suspeitam que sejam, acho que teremos uma conversa séria sobre o nosso envolvimento com a Rússia", disse Johnson.
"Da minha parte, pensando na Copa do Mundo deste verão, acho que será muito difícil imaginar que a representação do Reino Unido nesse evento possa avançar da maneira normal. Nós certamente teríamos que considerar isso."
No entanto, o entendimento da FA - em consonância com os relatórios apresentados pelo escritório de Johnson - é que os comentários referiam-se a qualquer presença do governo do Reino Unido durante o Mundial, e não sobre participação ou não da equipe do técnico Gareth Southgate.
A Inglaterra encara, na ordem, Tunísia, Panamá e a cabeça-de-chave Bélgica no Grupo G da Copa 2018, tendo terminado na liderança de sua chave nas Eliminatórias Europeias.

Fonte: GOAL
Postar um comentário