Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

sexta-feira, 9 de março de 2018

Werley comemora nova oportunidade entre os titulares do Vasco

Por: Carlos Gregório Júnior
CT das Vargens, Rio

Contratado junto ao Coritiba no início da temporada após ser um dos poucos destaques do time no Campeonato Brasileiro 2017, Werley foi a grande surpresa na escalação do Vasco da Gama no clássico diante do Fluminense. O defensor ganhou uma vaga na equipe devido a estratégia do treinador Zé Ricardo, que utilizou pela primeira vez o esquema com três zagueiros.
image
Werley vai no alto para afastar perigo da defesa vascaína- Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Com passagem por outros grandes clubes do futebol nacional, casos de Atlético Mineiro, Santos e Grêmio, o experiente jogador não escondeu a satisfação ao comentar a oportunidade recebida da comissão técnica. Werley avaliou o desempenho cruzmaltino com a nova formação de forma satisfatória e garantiu que seguirá trabalhando firme para seguir entre os titulares.  

- Já  vínhamos treinando dessa maneira faz um tempo, mas só ontem atuamos dessa forma. Por ter sido a primeira, acho que foi uma experiência positiva. Jogando com três zagueiros, você libera os laterais, eles possuem mais liberdade para atacar. Criamos diversas oportunidades de gol com o Pikachu e o Henrique. A equipe está de parabéns pela atuação. Eu cheguei tem pouco tempo, mas vou buscar meu espaço dentro da equipe - afirmou o defensor.

Além de dar maior liberdade aos laterais, o esquema com três zagueiros aumenta a solidez defensiva e faz com que o time se torne mais imprevisível no setor de ataque. Isso porque os próprios defensores possuem autonomia para chegar na frente e aparecer como elemento surpresa. Werley explicou o que muda no posicionamento dos defensores com a nova formação.

- O que muda é o fato dos zagueiros terem mais espaço para jogar. Nós acabamos saindo mais para o jogo e fazendo jogada de volantes. A equipe fica mais protegida para os contra-ataques do adversário, pois fica sempre lá atrás com no mínimo quatro jogadores. Por outro lado, ataca com mais gente também, geralmente com seis, que é uma numeração positiva. O time de uma certa forma ficou mais equilibrado - declarou o experiente zagueiro.
Postar um comentário