Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

terça-feira, 10 de abril de 2018

Árbitros de São Paulo vão comandar finais do Campeonato Piauiense 2018

Na Esportiva

Fotos: Cesar Greco/Agência Palmeiras/Divulgação

Raphael Claus vai apitar final do Campeonato Piauiense pelo segundo ano consecutivo
Em sorteio realizado na tarde desta terça-feira (10), na sede da Federação de Futebol do Piauí (FFP), foram definidos os árbitros da decisão do Campeonato Piauiense, que terá  Altos e River na disputa do título. O quarteto será o mesmo para os dois jogos, mas com funções diferentes em cada jogo. 
Os árbitros das finais serão Luiz Flávio de Oliveira e Raphael Claus, ambos de São Paulo e do quadro da FIFA. O primeiro vai apitar a partida desta quarta-feira (11), no Albertão, enquanto o outro será o quarto árbitro. Na partida do domingo (15), no Felipão, em Altos, as funções se invertem e Klaus apitará a decisão. 

Luiz Flávio apitou a decisão da Copa do Brasil do ano passado e será o árbitro do primeiro jogo entre River e Altos
Os auxiliares serão os mesmos nas duas partidas: Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Ricardo Simon Manis, também de São Paulo e do quadro da Fifa.
11/04 - River x Altos
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistente 1: Marcelo Carvalho Van Gasse
Assistente 2: Danilo Ricardo Simon Manis
Quarto árbitro: Raphael Claus
15/04 - Altos x River
Árbitro: Raphael Claus
Assistente 1: Marcelo Carvalho Van Gasse
Assistente 2: Danilo Ricardo Simon Manis
Quarto árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
As despesas geradas pela vinda do quarteto de fora do Piauí serão bancadas pelo Altos, que solicitou arbitragem de outro estado para a decisão. O clube repete medida adotada em 2017, quando foi prejudicado por erros de arbitragem e viu o Parnahyba ser campeão do 1º Turno. 
Para Raphael Claus, a história se repete. No ano passado, ele foi o quarto árbitro do jogo de ida das finais entre Altos e Parnahyba. Na partida de volta, ele comandou a arbitragem do confronto decisivo, no qual o Jacaré levou a melhor. 
Postar um comentário