Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 22 de abril de 2018

Barcelona atropela Sevilla e leva o tetra da Copa do Rei

O Barcelona é tetracampeão (2015, 2016, 2017 e 2018) da Copa do Rei. Neste sábado, no estádio Wanda Metropolitano, em Madri, o clube catalão não tomou conhecimento do Sevilla, enfiou 5 a 0 e levou o título pela 30ª vez em sua história. Suárez (2x), Messi, Iniesta e Coutinho fizeram os gols.
Foto - Getty
O primeiro gol do Barça saiu aos 13 minutos do primeiro tempo. Com o Sevilla apertando a saída de bola, Cillessen recebeu dentro da sua área, procurou uma opção no ataque e deu um lançamento perfeito para Coutinho.
O brasileiro saiu correndo, avançou completamente sozinho e deu um toquinho por cima de David Soria para encontrar Suárez, que mandou para dentro.
Aos 30 minutos, Messi ampliou para o time catalão. A jogada começou com Iniesta, que abriu para Jordi Alba, tabelou e viu o lateral-esquerdo chegar no fundo e deixar de calcanhar para dentro da área. O camisa 10 argentino foi para bola e desceu o pé esquerdo, com força, para vencer o goleiro do Sevilla. 2 a 0, e título encaminhado.
O Barcelona ficou ainda mais próximo do tetracampeonato seguido da Copa do Rei aos 40 minutos, quando Suárez marcou o terceiro gol catalão na final. O Sevilla usou novamente a estratégia de apertar a saída de bola da equipe de Ernesto Valverde, mas Jordi Alba achou o passe no atacante uruguaio, que pegou no meio campo, foi avançando e tabelou com Messi para sair na cara de Soria e tocar na saída dele. Foi o segundo gol do camisa 9 no duelo.
O Barcelona foi para a segunda etapa ganhando por 3 a 0, mas querendo mais. E não demorou nada para o Sevilla buscar mais uma bola dentro de seu gol. Mas dessa vez foi especial - pelo menos para o torcedor culé. Aos 7 minutos, Iniesta deixou de lado para Messi, recebeu de volta, driblou Soria e mandou para as redes. 
"Ele merece! Senhores e senhores, aplaudam!", narrou Paulo Andrade. Aos 43, quando foi substituído para a entrada de Denis Suárez, o camisa 8 foi reverenciado por praticamente todos que estavam no Wanda Metropolitano.
Esta deve ter sido a última decisão do craque pela equipe catalã. Apesar de ter assinado contrato vitalício desde sua última renovação, o meio-campista já está em idade avançada e agora pensa em encerrar a carreira em outro centro, num novo desafio. Equipes chinesas, por exemplo, já fizeram sondagens ao meia.
O massacre ficou ainda maior aos 23 minutos. Suárez tabelou com Coutinho, e a bola pegou no braço de Lenglet. O brasileiro chegou a fazer o gol, mas o árbitro Jesús Gil preferiu parar o lance e dar o pênalti. Na cobrança, o camisa 14 bateu no canto direito de Soria e ampliou o placar: 5 a 0 Barça.
Derrotado, o Sevilla volta a campo na sexta-feira que vem, dia 27, em partida contra o Levante, às 16h00 (de Brasília), válida pela 35ª rodada da LaLiga 2017/18, no estádio Ciudad de Valencia. O Barcelona joga dois dias depois, no domingo (29/04), às 15h45 (de Brasília), contra o Deportivo La Coruña, no Municipal de Riazor.

Fonte: ESPN
Postar um comentário