Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

terça-feira, 3 de abril de 2018

Capello lamenta ausência de Itália na Copa: “A qualidade não é boa”

Foto: Lucas Figueiredo/ CBF?
À medida em que se aproxima a Copa do Mundo de 2018, as expectativas sobre a maior competição futebolística do mundo também aumenta. E não seria diferente com o ex-jogador e treinador Fabio Capello. O italiano soma 36 anos de carreira, três participações em Mundiais. A primeira delas como atleta em 1974, quando defendeu a Itália em uma decepcionante companha, e as seguintes como técnico da Inglaterra em 2010 e da Russia em 2014.
A 71 dias da competição na Rússia, Capello, que marcou um gol em sua única aparição em Copas como jogador, lamentou a eliminação da Azzurra na repescagem das Eliminatória e a consequente ausência da seleção no Mundial deste ano.
“Foi muito triste ver a Itália ficar de fora da Copa do Mundo. Nós costumávamos ser protagonistas nesse nível mundial e conquistamos essa competição quatro vezes. Mas neste momento, o futebol o italiano não tem tanto jogadores talentosos e a qualidade do time não é muito boa. É hora de começar a trabalhar do zero para entender o que aconteceu de errado e, acima de tudo, tentar produzir algo diferente, baseado nas características dos jogadores italianos e não copiando as características de outros”, avaliou.
Quanto à Inglaterra, outra seleção que ele conhece bem, o ex-jogador, hoje com 71 anos, acredita que os jovens podem fazer a diferença para os Three Lions neste ano: “Foi triste (a precoce eliminação em 2014 na fase de grupos). Contra a Alemanha, poderíamos ter empatado em 2 a 2 no primeiro tempo. Mas para esta Copa, A Inglaterra tem jogadores jovens muito talentosos. É possível que esses meninos não sintam a pressão e então poderão jogar sem tensão. Um problema crucial, na minha opinião, é que eles chegam para o Mundial muito cansados fisicamente para competir com outros times, em que os jogadores não estão tão fatigados”.
O italiano ainda elogiou Harry Kane e disse que é bom prestar atenção no jogador durante a Copa. “Harry Kane é um ótimo atacante e muito importante (para o time). Ele é o tipo de jogador que qualquer time gostaria de ter. Acima de tudo, ele tem um bom faro de gol, não espera pela bola. Ao contrário, ele se movimenta constantemente no ataque e cria perigo. Ele é com certeza um jogador para se prestar atenção na Rússia”, frisou.
Por fim, Capello ainda comentou sobre suas expectativas tanto para a Rússia como time, como para a Rússia como país sede. “Eu vi a chave e eles passarão da primeira fase. Eu ensinei e aprendi muito (enquanto treinador dos russos) e espero que essas qualidades possam ajudar o time a ir longe nesta Copa do Mundo. Isso seria um grande sucesso para a nação, que vem investindo pesado em futebol”.
“Não deverá ter problemas. A Rússia é um ótimo país e as pessoas são ótimas também. Eles investiram bastante (para sediar o Mundial) e a segurança lá é muito boa. Eles querem causar uma boa impressão em frente ao mundo todo que estará assistindo e podem fazer um grande torneio”, completou.
Fonte: Gazeta Esportiva
Postar um comentário