Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 8 de abril de 2018

Opção para a final, Evander destaca poder de superação do Vasco Jovem armador pode conquistar pela segunda vez o Campeonato Carioca pelo Gigante da Colina

Por: Carlos Gregório Júnior
São Januário, Rio

Evander tinha apenas 17 anos quando foi promovido ao profissional e integrou o elenco do Vasco da Gama durante a conquista do Campeonato Carioca de 2016. Hoje, dois anos depois de assistir do banco a conquista do título, o garoto é peça fundamental na equipe comandada pelo treinador Zé Ricardo e possui grandes chances de começar jogando a decisão contra o Botafogo, que acontecerá neste domingo (08/04), às 16 horas, no Maracanã.

- Foi uma conquista especial e que jamais vou esquecer, até porque a primeira de grande importância no profissional. Não há nada melhor que iniciar uma nova etapa da sua vida de maneira feliz. Aquele grupo de 2016 possuía muitos jogadores experientes. Eram caras com uma história grande no futebol e que me ensinaram muito. Nossa equipe hoje é mais jovem, mas sabe controlar as partidas e tem um poder de superação incrível. Estamos sempre acreditando que a vitória é possível, independente do tempo de jogo. Esse espírito será fundamental nessa final - afirmou o prata da casa.


image
Evander durante treinamento em São Januário- Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Escolhido para utilizar a lendária camisa 10 do Gigante da Colina durante a temporada, Evander retornou aos gramados na partida contra o Cruzeiro, realizada na última quarta (04) e válida pela segunda rodada da fase de grupos da Conmebol Libertadores. Por estar vindo de uma lesão muscular, o armador foi preservado pela comissão técnica e atuou por apenas 45 minutos. Diante do Alvinegro, porém, a história tem tudo para ser diferente.

- Senti um pouco do ritmo, mas já me sinto melhor e pronto para a decisão. Eu não vejo problema nenhuma de atuar como volante. O Zé me deu uma oportunidade ali e mostrei ano passado que tenho totais condições de ajudar a equipe naquele setor. Se ele optar por me colocar ali, estarei à disposição. A mesma coisa se optar pela minha escalação em outro lugar. O importante é estar em campo para ajudar o Vasco a sair de campo com a vitória. O que é diferente é que fico responsável pela saída de bola quando atuou mais atrás. A questão de marcação não muda tanto, pois também tenho que ajudar que jogo mais na frente - disse Evander.

image
Evander abraça o amigo Paulão antes da atividade- Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Por ter derrotado o Botafogo por 3 a 2 na primeira partida da decisão, o Vasco da Gama precisa apenas de um empate para conquistar o Campeonato Carioca pela 25ª vez em sua história. A vantagem adquirida, entretanto, não mudará a postura cruzmaltina dentro das quatro linhas. Contando com o apoio do seu torcedor, que esgotou os ingressos para o confronto, o Gigante da Colina espera conquistar um novo resultado positivo.

- Espero que a equipe possa fazer um grande jogo, assim como já estamos fazendo há algum tempo. Precisamos controlar bem e não se desligar da partida em nenhum momento, até porque o Carioca é um título muito importante para nós. Vamos em busca dessa conquista, mas sabemos que ela só virá se fizermos por onde dentro de campo. Não iremos jogar pelo empate, a vitória é nosso objetivo, mas é preciso respeitar o time do Botafogo, que possui uma equipe forte. Tem tudo para ser um grande jogo. A partida irá começar com um resultado que nos favorece e precisamos do apoio da nossa torcida para que termine dessa forma - concluiu o meio-campo.
Postar um comentário