Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quarta-feira, 18 de abril de 2018

Ponte Preta perde do Náutico, mas avança às oitavas da Copa do Brasil

A Ponte Preta jogou com o regulamento debaixo do braço após vencer a partida de ida por 3 a 0 e garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira mesmo com a derrota para o Náutico, por 1 a 0, na Arena de Pernambuco, pela quarta fase.
Foto: Fábio Leoni/Ponte Press

Com a goleada em Campinas, o Náutico precisava vencer por três gols de vantagem para levar a decisão para os pênaltis. O adversário da Ponte Preta nas oitavas será conhecido em sorteio a ser realizado nesta sexta-feira pela CBF. A única certeza é que o time campineiro ganhou mais R$ 2.4 milhões com a classificação.
A partida foi transmitida pela Rádio Futebol Interior com narração de Carlos Corsato e reportagens de Marcelo Corsato, enquanto Giovane Paiola esteve no placar ao vivo e na coordenação da TV Futebol Interior.
Como já era esperado, o Náutico começou a partida tentando pressionar a Ponte Preta, mas a primeira finalização perigosa foi da Macaca. Marciel cobrou falta rasteira e a bola saiu rente a trave de Bruno. Aos 15 minutos, Paulinho arriscou e assustou o goleiro Bruno.
A partida era bastante truncada e nervosa na Arena de Pernambuco, tanto que três cartões amarelos foram mostrados em menos de dez minutos. Aos 26, Wendel recuou com muita força e quase marcou gol contra. Bruno teve que dominar no peito e tirar o perigo.
Com dificuldades para entrar tocando, o Náutico abusava muito dos cruzamentos, enquanto a Ponte Preta se defendia e procurava explorar o contra-ataque. E aos 40 quase que deu certo. Igor tocou para Felippe Cardoso, que deixou Camutanga no chão e bateu para fora.
A resposta do Timbu veio na sequência. Wallace Pernambucano soltou a bomba em cobrança de falta e Ivan espalmou para escanteio, fazendo sua primeira defesa no jogo. Aos 44, Felippe Cardoso bateu rasteiro e Bruno segurou sem dar rebote.
O Náutico quase abriu o placar logo aos seis minutos do segundo tempo. Após escanteio cobrado, a bola passou por todo mundo e Camutanga finalizou de primeira para fora. Conforme o tempo ia passando e não conseguia fazer gol, o Timbu ia ficando desanimado.
Aos 24, Gabriel Araújo cobrou falta por cima da barreira e Ivan espalmou para longe. De volta após quase 50 dias afastado dos gramados devido a uma contusão, Tiago Real entrou no lugar de Léo Mineiro.
A partida ganhou um pouco de emoção aos 37 minutos quando Nathan derrubou Luiz Henrique dentro da área. Júnior Timbó bateu no meio do gol e abriu o placar para o Náutico. Era tarde demais para a reação alvirrubra. A Macaca passou a valorizar a posse da bola até o apito final do árbitro.
PRÓXIMOS JOGOS
No final de semana os dois times voltam a jogar pela segunda rodada do Brasileiro. Pela Série B, a Ponte Preta vai enfrentar o Criciúma, sábado, às 19 horas, em Santa Catarina. Pela série C, o Náutico vai pegar o Botafogo-PB, na Paraíba, também sábado, às 19 horas.
Fonte: Futebol do Interior
Postar um comentário