Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

quinta-feira, 26 de abril de 2018

River Plate bate Emelec e assume a liderança do grupo do Flamengo

O River Plate sofreu, mas conseguiu derrotar o Emelec por 2 a 1 e assumir a liderança do grupo 4. Com o resultado, o time do Monumental de Núñez ficou em primeiro com oito pontos, dois a mais que o vice-líder Flamengo. Enquanto isso, a equipe equatoriana está na lanterna, com um ponto.
Na próxima rodada, o River Plate mede forças contra o Santa Fe, em Bogotá e o Emelec visita o Flamengo, no Rio de Janeiro.
O jogo
O River Plate por muito pouco não abriu o placar aos 2 minutos. Lucas Pratto arriscou da meia-lua e a bola passou entre as penas do goleiro Dreer, que conseguiu se recuperar no lance e evitar o gol.
À medida que o tempo passava, o River aumentava seu volume de jogo, mas falhava na hora de concluir o passe final. Melhor para a zaga equatoriana, que conseguia suportar a pressão.
Se estava difícil com a bola no chão, o jeito foi arriscar nas cobranças de falta. Rodrigo Mora bateu com precisão e tirou tinta da trave equatoriana.
Na etapa final o Emelec se soltou um pouco mais e assustou o time argentino. Logo na primeira descida, Paredes surgiu pela direita, soltou a bomba que desviou na defesa e a bola chacoalhou a rede, mas pelo lado de fora.
Sem muito brilho no ataque, o River conseguiu abrir o placar na base da insistência. Quintero fez boa jogada pela esquerda e tocou para Lucas Pratto. O atacante encheu o pé e Dreer não conseguiu defender, 1 a 0.
O gol obrigou o Emelec a sair para o jogo. Através de erros no sistema defensivo argentino, a equipe ficou perto do empate. Na chance mais clara, Paredes cruzou da direita e Ângulo, sem marcação, chutou longe do gol.
O River matou o jogo aos 28 minutos. Pratto roubou a bola no meio de campo, acionou Pity Martínez que puxou contra-ataque, invadiu a grande área e tocou por cima do goleiro. Um golaço.
Com o placar garantido, o River Plate apenas administrou o jogo, mas foi vazado nos acréscimos. Preciado aproveitou a bobeira da zaga argentina, invadiu a grande área e fuzilou, sem chances para Armani.
Fonte: Lance!
Postar um comentário