Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 13 de maio de 2018

Em jogo movimentado, Atlético-MG vence o Atlético-PR em Curitiba


  • atleticos-12.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
  • atleticos-11.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
  • atleticos-10.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
  • atleticos-9.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
  • atleticos-8.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
  • atleticos-7.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
  • atleticos-6.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
  • atleticos-5.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
  • atleticos-4.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
  • atleticos-3.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
  • atleticos-2.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
  • atleticos-1.jpgfoto: Bruno Cantini / Atlético-MG
Em um jogo movimentado, o Atlético-MG venceu o Atlético-PR por 2 a 1, na tarde deste domingo, na Arena da Baixada. A vitória do Galo foi de virada, já que Pablo abriu o placar para o Furacão, mas na etapa final Bremer e Róger Guedes garantiram o triunfo do time mineiro.
O Atlético-PR começou melhor na partida e quase abriu o placar aos 18 minutos. Pablo recebeu cruzamento vindo da direita e cabeceou na trave direita. Já aos 31, a bola parada resolveu o problema do time atleticano. 
Após cobrança de escanteio na área, Pablo se antecipou ao marcador e cabeceou para abrir o placar. No segundo tempo, o Furacão começou melhor, e Nikão desperdiçou uma boa oportunidade. Mas tudo mudou a partir nove minutos do segundo tempo, quando Bremer, de cabeça, deixou tudo igual. 1 a 1.
O gol de empate mudou completamente o panorama da partida e o Atlético-MG passou a dominar a partida. De tanto insistir, o time mineiro virou a partida aos 19 minutos. No contra-ataque, o goleiro Santos afastou errado e mandou na cabeça de Roger Guedes que apenas empurrou a bola para as redes.
Depois da virada do Galo, o time mineiro teve boas chances de ampliar, mas Ricardo Oliveira, Róger Guedes e Matheus Galdezani finalizaram muito mal. Já o Atlético-PR acusou os golpes e não teve forças para buscar o empate. Para piorar, o time ficou com dez em campo, quando Jonathan sentiu uma lesão muscular aos 37 minutos.

Fonte: Lance
Postar um comentário