Federação das Industrias do Estado do Piauí

Federação das Industrias do Estado do Piauí

O melhor do esporte é aqui !

CURTA A FANPAGE NO FACEBOOK

domingo, 27 de maio de 2018

Palmeiras perde penal no último lance e cai para o Sport

O Palmeiras, assim como fez contra o América-MG no meio de semana, decepcionou a sua torcida durante a noite deste sábado. Jogando diante de quase 26 mil espectadores no Allianz Parque, o time alviverde foi derrotado pelo Sport por 3 a 2, de virada, em duelo válido pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro. 
Foto - Sergio Barzagui - Gazeta Press
Os gols do Verdão foram anotados por Keno e Hyoran, enquanto Anselmo (2) e o ex-palmeirense Rafael Marques marcaram pela equipe pernambucana.
Com o resultado, além de frustrar sua torcida, o Palmeiras desperdiçou a oportunidade de se posicionar entre os líderes da competição e caiu para o quinto lugar, com 11 pontos, seguido de perto pelo Sport, que saltou da 12ª para a sexta colocação, também com 11 pontos.
Na próxima rodada, Palmeiras e Sport enfrentarão duas equipes de Minas Gerais. Na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), o Verdão buscará se reabilitar diante do Cruzeiro, no Mineirão. No mesmo dia, mas a partir das 19h30, o Leão tentará se manter em ascensão contra o Atlético-MG na Ilha do Retiro.
Com Willian poupado e sem centroavante, o Palmeiras começou jogando em um 4-2-4, com Dudu e Keno abertos pelas pontas e Lucas Lima e Guerra centralizados. A primeira finalização, contudo, saiu dos pés do volante Bruno Henrique, que mandou por cima do gol após arriscar de fora da área.
Aos 18 minutos, após bom passe de Guerra, Dudu ganhou do zagueiro na dividida e finalizou da entrada da área. O chute, contudo, saiu fraco, pela linha de fundo. O Sport respondeu em seguida. Em cobrança de falta ensaiada, Marlone rolou para Cláudio Winck, que pegou mal na bola e a isolou por cima.
A primeira chegada de real perigo do Verdão ocorreu aos 25 minutos. Após Marcos Rocha cobrar falta pela direita, Antônio Carlos subiu e testou firme. Mas Magrão, bem colocado, fez grande defesa, evitando o primeiro gol alviverde. Com dificuldade para entrar na área adversária, Dudu e Keno inverteram de lados.
E a medida deu certo. Aos 32 minutos, o Palmeiras abriu o placar graças à boa trama do ataque pela esquerda. Depois de tabelar com Dudu, Diogo Barbosa cruzou rasteiro na pequena área. Keno, vindo de trás, bateu no contrapé de Magrão, levando a equipe mandante para o intervalo em vantagem.
O segundo tempo começou da pior maneira possível para o Palmeiras. Aos quatro minutos, Dudu recebeu livre na esquerda e bateu cruzado em vez de tocar para quem estava desmarcado.
A defesa rubro-negra afastou e, em seguida, o Sport empatou. Após escanteio cobrado pela direita, Anselmo cabeceou no travessão. No rebote, o próprio volante chutou para deixar tudo igual no Allianz.
Diante da queda de produção de seus comandados, Roger Machado fez duas alterações simultâneas: entraram Papagaio e Hyoran nos lugares dos apagados Guerra e Lucas Lima. Em sua primeira ação na partida, um chute de fora da área, Hyoran assustou Magrão, que viu a bola passar rente à trave.
No entanto, foi o Sport quem assumiu a liderança no placar. Aos 27 minutos, após tabelar com Marlone e ganhar de Keno na dividida, Anselmo invadiu a área e chutou cruzado no canto esquerdo, sem chances para Jailson.
Apesar da impaciência da torcida, Hyoran não sentiu o peso do clima e marcou um golaço para empatar o duelo. Aos 36 minutos, o jovem meia-atacante recebeu na intermediária e bateu colocado. Magrão chegou a tocar na bola, mas ela entrou no ângulo.  A noite, porém, não era do time da casa.
Pouco depois, aos 41 minutos, o ex-palmeirense Rafael Marques, terceiro maior artilheiro da arena, com 13 gols, subiu mais alto que a defesa alviverde após cobrança de escanteio e testou para o gol. 
Aos 49, Dudu sofreu falta de Raul Prata dentro da área. Na cobrança do pênalti, Keno bateu nas mãos de Magrão, que garantiu a vitória pernambucana em pleno Allianz Parque.

Fonte: Yahoo
Postar um comentário